REDES SOCIAIS

28°C

Presidente do Cuiabá diz que Deyverson não joga mais pelo clube até que renove contrato

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Deyverson não joga mais pelo Cuiabá até segunda ordem. O anúncio foi feito pelo presidente do clube, Cristiano Dresch, em entrevista coletiva após a derrota para o Atlético-MG, na noite deste sábado, na Arena Pantanal, pela quarta rodada do Brasileirão.

O dirigente disse que optou pelo afastamento do jogador depois de ter sido comunicado de acordo verbal com outra equipe para a próxima temporada e afirmou que ele só volta a vestir a camisa auriverde caso renove seu contrato com o Dourado – o vínculo se encerra no final desta temporada.

– O Deyverson tem contrato encerrando com Cuiabá em dezembro e já foi feita uma negociação para assinar um pré-contrato no início do ano de uma prorrogação e ele não aceitou. O Cuiabá resolveu não colocá-lo mais nos jogos. O empresário dele disse que tem um acordo verbal com outro time e por isso optamos em decidir que ele não joga mais pelo Cuiabá até que mude de ideia.

Deyverson havia sido cortado dos jogos contra Grêmio, pelo Brasileirão, e Deportivo Garcilaso, pela Sul-Americana, por motivos disciplinares, conforme comunicado pelo clube. O agente do atacante, Filipe Dias, negou indisciplina, enquanto Dresch expôs o desacordo entre as partes para extensão do vínculo e citou proposta do Santos negada pelo jogador.

Na teoria, o camisa 16 estaria liberado para estar entre os relacionados no confronto deste sábado, mas não foi o que aconteceu. Horas depois, veio a confirmação do motivo da ausência na lista. O mandatário ainda declarou que Deyverson “atrapalha” a equipe.

– Eu tinha uma frase no ano passado que quem não ajuda, atrapalha. E hoje ele é um atleta que infelizmente nos atrapalha. Em julho, quando ele já vai poder assinar um pré-contrato, a gente espera que algum clube interessado venha e compre ele do Cuiabá. A situação hoje, ele querendo jogar e o empresário dizendo que ele está negociando um pré-contrato com outra equipe, é ridícula. Nós temos que ter respeito por esse escudo. Ninguém é melhor que o Cuiabá, nem eu. Nenhum atleta é melhor do que Cuiabá. Ninguém vai usar o Cuiabá de vitrine pra fazer contrato. Não tenho culpa se ele tem 33 anos e é o último contrato da vida dele, isso é problema dele.

Apensar de entender que o atleta não faz mais partes dos planos, Cristiano Dresch confirmou que não se trata de um afastamento total e que ele seguirá treinando normalmente.

Deyverson foi contratado pelo Cuiabá no segundo semestre de 2022 e soma 78 jogos disputados, com 31 gols marcados. Na atual temporada, são oito bolas na rede e sete assistências, que rendem a ele a liderança de participação em gols do time.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS