REDES SOCIAIS

22°C

Presidente do PSDB em MT se diz ?totalmente perdido e insatisfeito? e evita citar Tebet

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O presidente do PSDB em Mato Grosso, deputado estadual Carlos Avallone, disse estar “perdido” com os caminhos que o partido vem tomando e deixou claro a sua insatisfação com a desistência do ex-governador de São Paulo, João Doria, da pré-candidatura à presidente da República, que ocorreu na tarde desta segunda-feira (23), em entrevista à imprensa.

Carlos também citou que vai esperar os próximos passos da Executiva Nacional com relação a terceira via, algo que acredita e que segundo ele, não está descartada.

“Primeiro eu acho que essa parte do PSDB não está resolvido definitivamente, não em relação ao Doria. Acho que ele recuou e fez isso, vamos dizer assim, as forças internas do PSDB, que trabalharam em formas bem diferentes. Havia uma divisão e ficou muito clara para todo mundo que esta divisão acabou inviabilizando a candidatura de quem venceu as prévias, mas isso já foi, está superado, agora é ver quais serão os próximos passos. Ainda não foi anunciado a questão de qual vai ser a chapa, como estará o PSDB e se estará nesse centro democrático”, disse.

Ao ser questionado sobre a situação do partido à nível regional, com relação a desistência de Doria, o parlamentar tucano enfatizou que o momento é de instabilidade e que isso provavelmente vai atrapalhar muito, mas que espera que a sigla encontre logo o caminho.

“Aqui [MT] altera muito pouco, mas não dá para falar sobre uma eleição estadual, sem falar na nacional, as coisas são todas interligadas. Eu acho que tudo isso atrapalha bastante. É um momento que eu não estou muito feliz da postura que o PSDB tomou, nesse ano, porque eu sou um apaixonado pelo PSDB, pela história, é meu único partido. Disputei todas as minhas eleições pelo PSDB e eu gostaria de ter um outro caminho, mais claro, mais transparente e mais objetivo. Vamos esperar que nos ajude e nos ajudemos a encontrar este caminho, que é mais importante”, pontuou.

Ao finalizar, o deputado afirmou estar “totalmente perdido” e vai guardar para se pronunciar sobre a terceira via, evitou em falar o nome da senadora Simone Tebet (MDB), mas disse que iria dialogar com a parlamentar.

“Com certeza a terceira via vai existir. Agora temos que trabalhar com a opção que tem e a opção que tem, está aí no jogo, para ser discutido, vamos aguardar para ver o próximo passo”, concluiu.

O tentou contato várias vezes com o deputado estadual Carlos Avallone e com assessoria para registrar uma fala exclusiva sobre a realidade do PSDB em MT, mas até o fechamento do material não obteve nenhum retorno.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS