REDES SOCIAIS

14°C

Presidente do TJMT diz que não pensa em entrar na política

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

A presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso (TJMT), desembargadora Maria Helena Póvoas, afirmou nesta quarta-feira (27), que não possui pretensões de disputar qualquer cargo na corrida eleitoral.

“Não penso [em disputar eleições], eu já estou na hora de ir cuidar dos meus netinhos, já está na hora de parar. Terminando o meu período de Tribunal de Justiça, não agora da presidência, porque eu não tenho tempo para me aposentar, mas a hora que eu tiver tempo para me aposentar a minha intenção é voltar para casa”, disse ela.

Em 2021, a desembargadora assumiu o cargo de governadora do estado no lugar de Otaviano Pivetta (Republicanos), que estava na função substituindo Mauro Mendes (União Brasil), que está em viagem para a Europa. Na linha de sucessão, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Max Russi (PSB), deveria ter assumido, mas integrava a comitiva de Mato Grosso ao Reino Unido para o COP-26. 

A COP-26 é um encontro anual que reúne 197 nações para discutir as mudanças climáticas e como os países pretendem combatê-la. É parte da Convenção Quadro da ONU sobre Mudanças Climáticas (um acordo internacional assinado por praticamente todos os países e territórios no mundo com o objetivo de reduzir o impacto da atividade humana no clima).

A presidente do TJ exerceu o cargo de governadora por 4 dias. No Tribunal, foi eleita presidente para o biênio 2021/2022.

A fala foi realizada durante entrevista à Rádio Conti.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS