REDES SOCIAIS

35°C

Programa Voa Brasil é adiado mais uma vez; governo prevê lançamento para depois do Carnaval

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O programa Voa Brasil, do governo federal, que prevê baratear passagens aéreas, terá o lançamento adiado para depois do Carnaval. A informação foi confirmada nesta terça-feira (30) pela assessoria de imprensa do Ministério dos Portos e Aeroportos.

A expectativa era que a iniciativa fosse lançada em 5 de fevereiro, conforme anunciou o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, na última quarta-feira (24). A mudança ocorre, ainda de acordo com a assessoria, devido a problemas de agenda.

“Por questão de ajuste com a agenda do presidente, vamos ter a data após o Carnaval”, informou o comunicado, se referindo ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

A proposta do Voa Brasil é oferecer passagens a R$ 200 para alguns setores da sociedade. Segundo o governo, a princípio, apenas aposentados e alunos do Prouni [Programa Universidade para Todos], que não tenham viajado nos últimos 12 meses, serão beneficiados.

Cerca de 20,8 milhões de aposentados do INSS e 600 mil estudantes estão aptos a participar do programa.

Segundo o ministro dos Portos e Aeroportos, a ampliação do benefício para outros públicos ? conforme o avançar do programa ? não está descartada.

Desde a gestão de Márcio França à frente da pasta dos Portos e Aeroportos, o governo anuncia o Voa Brasil ? que teve lançamento adiado por diversas vezes.

França deixou a pasta em setembro de 2023 e, no início deste ano, assumiu o Ministério do Empreendedorismo, da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte.

Questionada pela reportagem, sobre o motivo do adiamento do programa Voa Brasil, a assessoria do Palácio do Planalto informou que o assunto é de atribuição do Ministério dos Portos e Aeroportos.

Já sobre a agenda do presidente Lula para as próximas semanas, a assessoria disse que “está em construção”, com previsão de divulgação nesta sexta-feira (2).

Geovana Melo

O programa Voa Brasil, que prevê passagens aéreas mais baratas, terá o lançamento adiado para depois do Carnaval. A expectativa era que o benefício fosse lançado em 5 de fevereiro, conforme anunciou o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, na quarta-feira (24/1). A mudança ocorre devido a problemas de agenda do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

“Por questão de ajuste com a agenda do presidente, vamos ter a data após o Carnaval”, informou a assessoria do Ministério de Portos e Aeroportos.

A iniciativa deverá oferecer passagens a R$ 200 para setores da sociedade. A princípio, apenas aposentados e alunos do Prouni (Programa Universidade para Todos), que não tenham viajado nos últimos 12 meses, serão beneficiados com o Voa Brasil. Cerca de 20,8 milhões de aposentados do INSS e 600 mil de estudantes estarão aptos a participar do programa.

Segundo declarações anteriores do ministro de Portos e Aeroportos, poderá haver ampliação para outros públicos conforme o programa for avançando.

O Voa Brasil vem sendo anunciado pelo governo desde o ano passado, ainda na gestão do ex-ministro Márcio França, que deixou a pasta sem lançar o programa. Desde então, a data de lançamento vem sendo adiada.

Questionada pela reportagem, a assessoria do Planalto informou que as informações sobre o lançamento do programa Voa Brasil devem ser solicitadas ao Ministério de Portos e Aeroportos. Falou ainda que a agenda do presidente Lula para a próxima semana está em construção e a previsão deve ser divulgada na sexta-feira (2/2).

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS