REDES SOCIAIS

28°C

Sem citar o presidente da Rússia, Zelensky dá a entender que Putin é louco e repete os crimes de Hitler

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

A Ucrânia não permitirá que a Rússia “se aproprie da vitória sobre o nazismo”, declarou o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, nesta segunda-feira, 9 de maio, dia em que os russos celebram o triunfo na Segunda Guerra Mundial.

Leia também:

“Hoje nós celebramos o Dia da Vitória sobre o nazismo”, disse em um vídeo em que aparece caminhando por uma avenida do centro de Kiev. “Temos orgulho de nossos ancestrais que, juntos com outras nações na coalizão anti-Hitler, derrotaram o nazismo.”

Zelensky citou várias cidades do leste e sul da Ucrânia atualmente sob controle das forças invasoras russas e afirmou que os ucranianos, durante a Segunda Guerra Mundial, expulsaram as forças da Alemanha nazista destas regiões.

“No dia da vitória sobre os nazistas, nós estamos lutando por uma nova vitória. O caminho é difícil, mas não temos dúvidas que venceremos”, disse.

A “desnazificação” da Ucrânia é a principal razão alegada pelo presidente russo, Vladimir Putin, para justificar a invasão.

O Dia da Vitória, comemorado em 9 de maio, marca o fim da Segunda Guerra Mundial e a derrota do regime nazista pela União Soviética.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS