REDES SOCIAIS

22°C

Sem citar outras 17 vítimas, Bolsonaro lamenta morte de PM em operação no Complexo do Alemão no RJ

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Sem se referir as demais vítimas, o presidente Jair Bolsonaro lamentou nesta quinta-feira (21) a morte do policial militar Bruno de Paula Costa durante uma ação da Polícia Civil e da Polícia Militar no Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (21).

Ao todo, 18 pessoas morreram na operação ? 16 suspeitos, um PM e uma mulher atingida quando passava de carro. A ação tinha como alvo uma quadrilha de roubo de veículos e é a quarta operação policial mais letal da história do Rio. As outras três ações aconteceram no Jacarezinho (28 mortos), em 2021, na Vila Cruzeiro (25 óbitos), em 2022, e na Baixada Fluminense (19 mortos), em 2007.


window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

“Fato lamentável lá do Rio de Janeiro, o cabo Bruno de Paula Costa faleceu vitimado aí por confronto com bandidos. Ele, que estava na UPP Nova Brasilia, foi socorrido e não resistiu. Tinha 38 anos deixa viúva e dois filhos portadores do espectro autista. A fotografia dele [levanta a foto], até quando vi aqui me emocionei, porque [era] meu colega paraquedista. Deve ter feito curso enquanto serviu em alguma unidade da brigada paraquedista. Nossos sentimentos à família. Lamentamos o ocorrido”, disse o presidente durante uma transmissão ao vivo em uma rede social.

VÍDEOS: notícias sobre política

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS