REDES SOCIAIS

12°C

Título de eleitor online ou e-Título: como ter acesso

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Os brasileiros que votarem nas eleições de 2022 poderão apresentar uma versão virtual do título de eleitor –em vez do documento físico. A ferramenta é disponível pelo aplicativo e-Título, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

É preciso que o eleitor já tenha um registro na Justiça Eleitoral para liberar o título online, que pode ser acessado a qualquer momento. Assim, caso o eleitor não tenha o título e busque sua regularização até esta quarta-feira (4) a tempo de votar em outubro, ele poderá acessar o e-Título a qualquer momento.

Por meio do app, a pessoa deve baixar a versão o e-Título para celulares (Android ou iOS) e informar alguns dados. Na página inicial, o eleitor precisa informar seu nome completo, data de nascimento, número de inscrição de seu título de eleitor, nome da mãe e nome do pai.

As informações são cruzadas com as que constam no sistema da Justiça Eleitoral para validar o acesso. Pronto! O app pode ser utilizado como título de eleitor online e apresentado na votação em outubro.

Nele constam as informações pessoais, como nome, data de nascimento, município, nome dos pais, número do título, número de zona eleitoral e seção na qual o eleitor deve se encaminhar para participar do pleito. Há ainda um QR Code de validação, para as informações que constam no aparelho serem confirmadas com as da Justiça Eleitoral.

Todo acesso tem registro de data e hora – é possível conferir logo abaixo ao QR Code.

Prazo para tirar o título: 4 de maio

Acaba nesta quarta-feira (4) o prazo para os brasileiros tirarem ou regularizarem o título de eleitor a tempo de votar nas eleições deste ano.

Todos os brasileiros que completam 16 anos até o dia da eleição podem solicitar a retirada do documento no site do TSE ou presencialmente nos cartórios eleitorais.

O primeiro turno da votação está marcado para 2 de outubro. Já o segundo turno, nos estados e nacionalmente, caso preciso, ocorrerão em 30 de outubro, último domingo do mês.

Para tirar o documento pela primeira vez, é necessário que o futuro eleitor informe, na página de requerimento do sistema Título-Net, a unidade da federação em que reside. Após esse procedimento, aparecem na tela informações sobre a digitalização dos documentos necessários para a solicitação:

  • uma foto tipo selfie segurando um documento de identificação;
  • comprovante de residência atualizado;
  • certificado de quitação de serviço militar, para homens de 18 a 45 anos.

Na página seguinte, em “Título de Eleitor”, ao solicitar a primeira via, a pessoa precisa marcar a opção “não tenho” para prosseguir com o atendimento. Depois do envio dos dados, os documentos serão analisados pela Justiça Eleitoral. O acompanhamento da solicitação pode ser feito também pelo site.

Os que desejam realizar alguma alteração no cadastro eleitoral, devem conferir a situação junto à Justiça Eleitoral, também pela internet. Em seguida, é preciso acessar o sistema Título-Net, solicitar requerimento para o atendimento desejado e enviar a documentação necessária para regularização.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS