REDES SOCIAIS

33°C

Trio suspeito de homicídio é preso com armas de fogo em Santo Afonso

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Policiais militares da cidade de Santo Afonso prenderam em flagrante três homens, com idades entre 22 e 41 anos, suspeitos do homicídio que vitimou Lucas Rosa da Silva, de 21 anos. A prisão dos suspeitos foi registrada na tarde desta segunda-feira (25.04). Com o trio, a PM apreendeu armas de fogo e quantia em dinheiro.

Conforme o boletim de ocorrência, o homicídio foi registrado no dia anterior, na cidade de Arenápolis. A vítima foi encontrada morta com um tiro, na região central da cidade. Imediatamente, as equipes policiais da região iniciaram trabalhos de diligências em busca dos suspeitos do crime.

Na tarde desta segunda-feira (25), a equipe da PM recebeu denúncia anônima informando que os suspeitos do homicídio estariam escondidos em uma residência, na cidade de Santo Afonso. Os policiais militares se deslocaram ao endereço informado e flagraram que os suspeitos empreenderam fuga ao visualizarem a viatura da PM.

Foi iniciado acompanhamento aos três suspeitos, sendo que um deles foi detido no quintal de uma residência vizinha. Enquanto os outros dois homens fugiram pulando muros e cercas, sendo detidos na sequência, também dentro de outra casa na região.

Os policiais realizaram revista e buscas pelo local e encontraram dentro de uma mochila duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 38 com seis munições e uma espingarda calibre 12. A PM ainda apreendeu uma quantia em dinheiro e perfumes.

Diante dos fatos, os três suspeitos receberam voz de prisão e foram encaminhados para a Delegacia de Arenápolis, junto com o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências cabíveis. O trio ainda foi autuado pelos crimes de porte ilegal de arma, formação de quadrilha, desobediência e violação de domicílio.

Disque-denúncia 

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 

Fonte: PM Mato Grosso

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS