REDES SOCIAIS

19°C

Um terço dos eleitores do RJ ainda não tem biometria cadastrada; prazo vai até maio

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ) tem a missão de cadastrar a biometria de quase 4,4 milhões de pessoas até maio. Elas representam cerca de um terço do eleitorado do estado (34,15%), que ainda não têm as impressões digitais registradas para o processo eleitoral.

Parte da base de dados veio da migração de informações do Detran, a partir de uma parceria com o órgão. Por isso, a recomendação é que os eleitores consultem no site do tribunal para saber se as informações já estão em dia. Lá também tem os endereços dos cartórios do TRE.

No estado, a cidade com a maior porcentagem de eleitores que precisam se cadastrar é Paraty, com 44,17%, ou 14.960 eleitores. No outro extremo, a cidade com a maior porcentagem de pessoas biometrizadas é São Sebastião do Alto, que precisa cadastrar apenas 5,75% de seus eleitores, ou seja, 451 pessoas.

Porém, o maior desafio é o Rio de Janeiro. A capital precisa cadastrar a biometria de 40,39% dos eleitores, mais de dois milhões de pessoas.

Em São Gonçalo, na Região Metropolitana, que também é um dos maiores colégios eleitorais do estado, 41,28% dos eleitores, ou 275.810 pessoas, precisam buscar a Justiça eleitoral.

Também na região, Niterói está entre as cidades com a maior porcentagem de eleitores com biometria cadastrada. Apenas 6,69% do eleitorado, ou 27.175 pessoas, precisam registrar as digitais.

Eleições municipais

A expectativa do TRE-RJ é concluir o cadastro dos eleitores do estado até o dia 8 de maio, data que marca o fechamento do registro para as eleições municipais deste ano.

Para marcar esse processo, o tribunal lançou esta semana a campanha #VemPraBiometria, que conta com ações itinerantes em unidades móveis em vários pontos do estado para cadastrar a impressão digital de quem passa por locais de grande movimento.

O desembargador Henrique Carlos de Andrade Figueira, presidente do TRE-RJ, destaca que o cadastro tem como objetivo aumentar a segurança do processo eleitoral.

?Com a biometria, o processo eleitoral ganha mais segurança ainda do que já tem hoje. Nós começamos esse processo há um bom tempo e temos o fechamento do cadastro em maio”, destacou o desembargador.

Além das ações itinerantes, o TRE-RJ as centrais de atendimento e os cartórios eleitorais estarão disponíveis para o cadastro da digital. São 165 zonas eleitorais (cartórios) e 18 Centrais de Atendimento ao Eleitor (CAEs) que funcionam de segunda a sexta-feira, das 11h às 17h.

Pelo Disque TRE-RJ, no telefone (21) 3436-9000, é possível tirar dúvidas sobre os serviços da Justiça Eleitoral. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 11h às 19h.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS