REDES SOCIAIS

33°C

William Araújo vê evolução no Cuiabá apesar de derrota e analisa: “Merecíamos um ponto”

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Responsável por comandar o Cuiabá na derrota para o Athletico por 1 a 0, na noite deste domingo, na Arena Pantanal, pela oitava rodada do Brasileirão, William Araújo notou evolução apesar do resultado negativo. Treinador da equipe sub-20, ele esteve à frente do Dourado pois o interino Luiz Fernando Iubel cumpriu suspensão.

– Foi um jogo em que buscamos trabalhar mais as jogadas. Num balanço geral, a gente se portou bem durante a maioria do tempo. Buscamos a compactação, brigamos por todas as bolas, defensivamente os jogadores se doaram bastante. Hoje a gente sai com a sensação de que merecíamos pelo menos um ponto. Pena foi o gol no fim, que nos deixa triste, mas a gente vê que está evoluindo dentro do propósito do campeonato.

Questionado sobre a dificuldade do Dourado em ser competitivo contra os adversários, o profissional preferiu exaltar o elenco e voltou a destacar a crescente da equipe na competição.

– Acredito que a gente está trabalhando bastante para fazer acontecer. Não podemos ficar lamentando nem imaginando, temos que trabalhar com nossa realidade. Temos um grupo de guerreiros que está trabalhando todo dia. Hoje não faltou entrega, não faltou força de vontade, tecnicamente também fomos bem. Temos pontos a corrigir, mas nem tudo está errado. O Cuiabá está em evolução, é uma pena que nos últimos jogos deixamos escapar os pontos.

Com a derrota, o Cuiabá chega a cinco jogos sem vencer no Brasileirão e segue à beira da zona de rebaixamento, na 16ª colocação, com oitos pontos – a um do Juventude, que abre o Z4. Araújo reconhece a pressão por retomar os triunfos, mas garante que a parte mental terá atenção especial.

– É uma situação de pressão. Quando o ser humano está pressionado, cada um reage de uma forma. A comissão vai buscar conversar com os atletas para aliviarmos essa pressão e conseguir trabalhar com a cabeça boa, pois só assim vamos conseguir chegar no fim de semana e fazer um grande jogo. Nada vai reverter nossa situação a não ser entrar na próxima partida mentalizando a vitória e ganhar. A pressão vai acontecer, mas temos que trabalhar, que só assim vamos conseguir evoluir.

O Cuiabá volta a campo no próximo sábado, quando encara o América-MG, no Independência, às 15h30 (de MT), pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS