REDES SOCIAIS

28°C

António celebra vitória na reestreia pelo Cuiabá e exalta Deyverson: “Poucos fazem o que ele faz”

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Em sua reestreia no comando do Cuiabá, o técnico António Oliveira levou a equipe à vitória sobre o Cruzeiro, por 1 a 0, na noite da última segunda-feira, em confronto que fechou a sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

O treinador português enumerou os motivos que, na opinião dele, foram fundamentais para a conquista do resultado positivo e elogiou majoritariamente a organização do time dentro de campo.

– O rigor, a crença que eles tiveram e a maneira como eles interpretaram o plano estratégico para este jogo. Nós temos nossa matriz para depois avaliar o adversário, observar os pontos fortes e retirar os espaços. E aproveitar também as fragilidades do adversário. Foi isso que aconteceu. Fomos muito consistentes defensivamente, muito fortes, organizados, sempre capazes de perceber onde queremos conquistar a bola e onde queremos encaminhar o adversário. Fomos muito rigorosos, obrigamos o adversário jogar muito por fora, conseguimos criar superioridade numérica nos corredores, retirar as ações individuais do Cruzeiro. Tivemos nossas oportunidades também, que não foram poucas, e poderíamos ter matar o jogo com o segundo gol.

O comandante auriverde considerou a vitória justa e aproveitou para elogiar e recepcionar Pepa, técnico do time mineiro e seu companheiro de Benfica na época em que eram jogadores.

– Foi um resultado importante perante uma equipe organizada com um treinador que vai agregar muito ao futebol brasileiro, que é o Pepa. Dou as boas-vindas a ele, espero que consiga seus objetivos, mas hoje minha equipe está de parabéns. Meus jogadores foram heroicos. Mereceram muito, mas são 10 minutos de tristeza ou de euforia, amanhã temos que nos preparar para o próximo jogo.

Por fim, António Oliveira exaltou o atacante Deyverson, autor do gol da vitória cuiabanista e grande personagem da partida. Além de artilheiro da noite, o camisa 16 saiu em defesa em Vinicius Junior, discutiu com a torcida e acabou aplaudido pelos rivais.

– O Deyverson foi importante ano passado na sua chegada ao Cuiabá. Vai continuar sendo muito importante. Ele sabe a importância que tem dentro da minha forma de jogar, mas se enquadra em qualquer forma. Independente de ser um espetáculo dentro do próprio espetáculo, não podemos esquecer que é um jogador de grande qualidade. Há muito poucos centroavantes no Brasil capazes de fazer o que ele faz. Ele, como toda a equipe, estão de parabéns, pois não gosto de individualizar.

O triunfo tirou o Dourado da zona de rebaixamento do Brasileirão. A equipe mato-grossense agora aparece na 14ª colocação, com sete pontos, e volta a campo no próximo sábado, para encarar o Coritiba, às 17h30 (de MT), na Arena Pantanal, pela oitava rodada.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS