REDES SOCIAIS

22°C

Botelho não descarta possibilidade de Mendes não apoiar Wellington ao Senado

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (UB), não descartou a possibilidade do governador Mauro Mendes (UB) estar no mesmo palanque que o presidente da República Jair Bolsonaro (PL), mas não apoiar a reeleição do senador Wellington Fagundes – apesar da aproximação do chefe do Paiaguás com o partido do presidente e do senador.

“Vejo como positivo [apoio de Bolsonaro a Mendes], positivo para o governo, para a reeleição do governador Mauro Mendes. Eu acho que é muito bom, para o governo, é bom. Eu acho que uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Nós temos que construir isso ainda [apoio a Wellington], e o partido e o Governo é quem vão definir isso. Tudo é possível”, pontuou, em entrevista na ALMT na última quarta-feira (04).

O apoio do presidente da República à reeleição de Mendes, após a visita do chefe de Estado a Cuiabá em meados de abril, é um grande indicativo que de Mendes deve estar com Wellington.

Contudo, o apoio à reeleição do senador esbarra na candidatura do deputado federal Neri Geller (PP), que disputa a mesma vaga. O grupo político de Mendes, com partidos como o MDB e o PSD, já declararam apoio público a Neri. Além disso, o parlamentar foi um dos principais aliados na gestão do governador.

Publicamente, Mendes não admite nem mesmo a reeleição – quem dirá as construções ao Senado. O chefe do Executivo afirma que ainda está dialogando e que isso é um problema para agosto, quando ocorrem as convenções partidárias.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS