REDES SOCIAIS

19°C

Câmara faz sessão em homenagem ao Festival de Parintins e aos Bois Caprichoso e Garantido

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

A Câmara dos Deputados realizou nesta quarta-feira (8) uma sessão em homenagem ao Festival Folclórico de Parintins, no Amazonas, e aos Bois Caprichoso e Garantido.

A sessão contou com as apresentações das duas agremiações e com as presenças dos presidentes dos dois Bois Bumbás que disputam o festival, além do secretário nacional de Políticas do Ministério do Turismo, Milton Zuanazzi.

Considerado patrimônio cultural do Brasil, o Festival de Parintins terá a sua 57ª edição em junho.

A maior festa folclórica a céu aberto do mundo acontece no Bumbódromo, uma espécie de arena, onde os dois Bois Bumbás se apresentam.

As agremiações desenvolvem os temas e contam as lendas dos povos originários em grandes alegorias. O espetáculo é acompanhado das chamadas toadas ? canções que retratam a cultura dos povos originários da Amazônia.

Neste ano, o Ministério do Turismo investirá R$ 10 milhões na festa. O anúncio foi feito por Zuanazzi durante a sessão. Segundo ele, cada agremiação deverá receber R$ 5 milhões.

?Os atrativos turísticos vivem de duas matérias-primas: a cultura ou a natura. E, cá para nós, a Amazônia e Parintins têm as duas em abundância. É delas que temos que fazer os produtos turísticos. É por isso que o Ministério do Turismo fez um grande investimento nesse festival?, disse.

O presidente do Boi Caprichoso, Rossy Amoedo, afirmou que o aporte é essencial para que as duas agremiações tenham condições de fazer um ?grande espetáculo?.

?Fazer o festival em três noites de espetáculo não é fácil. São duas horas e meia de apresentação em cada noite. Estamos falando de sete horas e meia para cada Boi, enquanto o Carnaval do Rio de Janeiro tem um suporte financeiro muito maior para fazer 60 minutos de desfile?, declarou.

Em seu discurso, o presidente do Boi Garantido, Fred Góes, defendeu que a festa contribui para reduzir o isolamento cultural da região amazônica.

?A gente trata de uma cultura de uma região que ficou historicamente isolada durante séculos.O Festival com certeza contribuiu para que a Amazônia saísse da sua invisibilidade?, afirmou.

Em 2023, a 56ª edição do Festival Folclórico de Parintins atraiu 110 mil turistas durante as três noites de festa em Parintins. Segundo o governo do Amazonas, o turismo fez circular R$ 146,6 milhões na cidade.

57ª edição do festival

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Em 2024, o Festival Folclórico de Parintins será exibido nacionalmente, em uma edição especial, pela TV Globo. A transmissão está marcada para o dia 7 de julho e vai reunir o melhor da competição dos Bois.

A festa, que acontecerá entre os dias 28 e 30 de junho, também será transmitida pela Rede Amazônica, Multishow e Globoplay.

Neste ano, o Boi Caprichoso defende o tema “Cultura – O triunfo do povo”. O Boi Garantido aposta em “Segredos do Coração”.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS