REDES SOCIAIS

21°C

Caso Marielle: PF marca depoimento do delegado Rivaldo Barbosa para a próxima segunda

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

A Polícia Federal deve ouvir na próxima segunda-feira (3) o delegado e ex-chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro Rivaldo Barbosa sobre as investigações da morte de Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes.

O delegado é apontado pela PF como mentor intelectual do crime e vai depor em Brasília, onde está preso desde 24 de março.

Moraes determinou que Rivaldo prestasse depoimento em até cinco dias, depois de o delegado escrever um bilhete, da cadeia, implorando para ser ouvido pela PF.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

O ministro do STF afirmou que o depoente precisa ter assegurado o direito ao silêncio e à ?garantia de não autoincriminação?.

Segundo fontes que acompanham de perto as investigações, a PF está finalizando nesta terça-feira (28) os detalhes logísticos para que o depoimento aconteça na segunda, após o feriado de Corpus Christi.

Rivaldo já foi indiciado pela Procuradoria Geral da República. Antes mesmo da denúncia, ele havia pedido para falar aos investigadores.

Segundo a apuração da PF, Rivaldo trabalhou para obstruir investigações da Polícia Civil no Rio, se aproveitando da função de chefe de polícia.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS