REDES SOCIAIS

25°C

Servidor da Setasc é preso em operação de tráfico virtual

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Vithoria Sampaio– GD

Atualizada às 10h10 – Edmilson Galvan Filho, coordenador de Tecnologia da Informação da Secretaria do Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), foi preso durante a Operação Kill Switch deflagrada pela Polícia Civil na manhã desta terça-feira (28), em Cuiabá. A ação é para desarticular um esquema sofisticado de venda de drogas, operado por meio da Dark Web (lado obscuro da internet). 

Foi constatado durante as investigações que o servidor criou uma plataforma exclusiva para comércio ilegal de drogas. A escolha pelo uso do site na Dark Web visava obstruir sua identificação pelos órgãos de segurança, explorando o anonimato oferecido pela rede Tor. Além dele, outras duas pessoas foram alvos de busca e apreensão na Capital. 

Edmilson até então responsável pela administração do site ilegal, enfrentará acusações relacionadas ao tráfico de drogas e associação para o tráfico, podendo ser condenado à pena máxima de até 25 anos de reclusão.

Divulgação/ PJC-MT

Por meio de técnicas investigativas avançadas desenvolvidas pela equipe da DRCC e pela Seção de Perícia de Informática, do Instituto de Criminalística da PCDF, foi possível romper as camadas de anonimato proporcionadas pela Dark Web, permitindo não apenas identificar, mas também qualificar o traficante como responsável pela operação na referida plataforma.

A Operação Kill Switch se destaca como um marco no emprego de técnicas de investigação cibernética no enfrentamento à criminalidade complexa, assegurando não apenas a aplicação da lei, mas também a promoção da segurança pública e o fortalecimento das instituições de combate ao crime organizado. (Com informações da assessoria). 

Outro lado

Por meio de nota, o governo do Estado informou que o servidor foi exonerado.

A Secretaria de Assistência Social e Cidadania (Setasc) informa que já exonerou o servidor preso na operação Kill Switch, da Polícia Civil, deflagrada nesta terça-feira (28) e que investiga esquema de tráfico de drogas.

A Setasc deu total apoio ao cumprimento do mandado que apreendeu o computador utilizado pelo servidor na secretaria, reforçando ainda que os atos praticados pelo servidor não tem qualquer relação com a gestão da Pasta.

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS