REDES SOCIAIS

19°C

Centrão atribui vazamentos a Padilha e aumenta fritura contra o ministro

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Os principais líderes do centrão atribuem nos bastidores ao ministro das Relações Institucionais, Alexandre Padilha, vazamentos que saem do Palácio do Planalto e vetos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que não teriam sido acordados com os deputados.

Em entrevista ao Estudio I nessa quinta-feira (21), Lira acusou ?membros e interlocutores do governo? de vazar mentiras para causar atritos entre os poderes. ?Tinha um determinado membro do Palácio essa semana vazando informação falando que eu estava rompido com o [Fernando] Haddad porque o Haddad não cumpre acordo, quando eu estava falando com o Haddad. Esse tipo de coisa, de situação, não ajuda no relacionamento.?

Lira não quis dar nomes. Mas, segundo o blog apurou com aliados do deputado, o presidente da Câmara estava se referindo a Padilha, uma queixa feito por diferentes líderes do centrão que também atribuem ao ministro os vetos feitos por Lula em trechos de matérias como o arcabouço fiscal, Marco das Garantias e PL do Carf. Os vetos teriam desrespeitado acordos feitos entre os deputados e a equipe econômica.

As declarações do presidente da Câmara ocorrem num momento em que o Centrão aumenta a fritura de Padilha. Líderes do grupo costumam reclamar que os acordos não são cumpridos pelo Planalto na distribuição de cargos e na execução de emendas parlamentares. Há um desejo do Centrão de que Lula substitua Padilha no ministério por alguém mais próximo do grupo, se possível de um partido do próprio Centrão.

Interlocutores de Lula avaliam que o presidente entende que as ações e declarações fazem parte de uma ofensiva contra Padilha e que ele não irá sucumbir à pressão e substituir o ministro ou outro auxiliar palaciano.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS