REDES SOCIAIS

19°C

Com internacionalização, secretário espera voos diretos de MT para Bolívia, Argentina e Chile

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

 

O secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, César Miranda, afimou que com a conclusão das obras do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande, previstas para dezembro deste ano, Mato Grosso poderá ofertar voos diretos para outros países da América do Sul, mas que a internacionalização está prevista para ocorrer até o primeiro semestre de 2024, elevando-o a outro patamar. 

O secretário explica que com a possibilidade do aeroporto se tornar um hub, do Estado partiriam voos direto para Bolívia, Argentina, Chile, Estados Unidos e para Europa, por exemplo. Atualmente, se um mato-grossense deseja visitar Macchu Picchu, no Peru, ele tem que ir a São Paulo, passar por cima de Mato Grosso e ir a Lima, para depois a Cusco, em mais de 8 horas de voo ao todo. De Cuiabá a Cusco seria algo em torno de 2 horas de voo. 

“Nós temos condições pela localização geográfica de Mato Grosso, nós somos o centro geodésico da América do Sul e podemos nos tornar um grande hub aeroviário, desde que tenhamos a internacionalização do aeroporto e consigamos juntar a questão turística com os investimentos e trazer mais empresários para cá”, argumentou o secretário da Sedec, César Miranda. 

O secretário destaca ainda que a internacionalização também atrai grandes redes hoteleiras de olho no crescimento do turismo estadual. Com voos diretos a outros países, é possível investimentos em hospedagem na região da Transpantaneira, por exemplo. 

A mudança de status do Aeroporto Marechal Rondon também pode colocar o Estado como um dos principais hubs das atuais companhias aéreas, como Viracopos é a para Azul Linhas Aéreas. A empresa poderá tornar Cuiabá como seu segundo hub no país, pela demanda que será criada com a internacionalização do aeroporto.

 

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS