REDES SOCIAIS

30°C

Dengue: Ministério da Saúde diz que tendência na maioria dos estados brasileiros é de queda e estabilidade da doença

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

A secretária de Vigilância em Saúde, Ethel Maciel, disse nesta terça-feira (2) que a maioria dos estados brasileiros já estão fora do pico de dengue.

Das 27 unidades da federação, oito estão em “tendência de queda consolidada” e 12 estão em “tendência de estabilidade”.

“Temos uma queda nos casos prováveis de dengue. Isso está se consolidando. É um pouco diferente a epidemia nos estados agora”, pontuou a secretária.

“Já temos oito estados com tendência de queda consolidada. Doze estados com tendência de estabilidade. Isso significa que já passaram o pico. Os estados que estão com tendência de aumento são sete”, complementou.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

O governo informou, no entanto, que é preciso cautela, uma vez que os estados em tendência de estabilidade podem ter crescimento ou queda nos números.

E que mesmo nos estados com tendência de queda as pessoas devem continuar combatendo os focos do mosquito nas suas casas.

“Ainda precisamos olhar com atenção. Atingimos o pico, mas a curva ainda tem que descer. Nas próximas semanas vamos ver se a queda vai ser mais longa. Um momento de descida, mas com muita cautela. Ainda estamos num momento que exige atenção”, disse Ethel.

As informações foram dadas durante uma coletiva de imprensa do Ministério da Saúde nesta terça, em Brasília.

O objetivo da coletiva foi atualizar o cenário epidemiológico da dengue no país e apresentar as principais ações para prevenção e controle da doença.

Veja abaixo lista com tendências em cada unidade da federação.

8 unidades da federação estão em tendência de queda:

  • Acre
  • Amazonas
  • Espírito Santo
  • Distrito Federal
  • Goiás
  • Minas Gerais
  • Piauí
  • Roraima

12 unidades da federação estão em tendência de estabilidade:

  • Amapá
  • Ceará
  • Mato Grosso
  • Pará
  • Paraíba
  • Paraná
  • Santa Catarina
  • São Paulo
  • Rio de Janeiro
  • Rondônia
  • Rio Grande do Sul
  • Tocantins

7 unidades da federação em tendência de aumento:

  • Alagoas
  • Bahia
  • Maranhão
  • Mato Grosso do Sul
  • Pernambuco
  • Rio Grande do Norte
  • Sergipe

– Esta reportagem está em atualização

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS