REDES SOCIAIS

29°C

Dilemário defende que Botelho lidere movimento para reprovar contas de Emanuel na Câmara

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Fred Moraes

Única News

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

O vereador de Cuiabá, Dilemário Alencar (Podemos), utilizou a tribuna da Câmara Municipal de Cuiabá durante a sessão ordinária desta terça-feira (20) para exaltar a caminhada do secretário da Casa Civil, Fábio Garcia (União Brasil), para se lançar como pré-candidato a Prefeitura de Cuiabá. Em um rápido discurso, Dilemário diz que Garcia sai da disputa maior do que entrou e desejou que o deputado estadual Eduardo Botelho (União Brasil) lidere um movimento contrário ao atual prefeito da Capital, Emanuel Pinheiro (MDB), para garantir uma gestão contrária ao emedebista.

Dilemário disse que Fábio começou com números tímidos em pesquisas eleitorais, próximos de 2, ou 3%, porém lembrou que no último levantamento alcançou 12%. Além disso, afirmou que Garcia já estava com pelo menos 8 vereadores fechados em seu palanque político, mas acabou escanteado pelo União Brasil. O vereador também reconheceu a expressividade de Eduardo Botelho, que acabou sendo escolhido pelo União Brasil, fez um apelo para que o pré-candidato puxe um movimento na Câmara de Vereadores para reprovação das contas do prefeito e assim por fim aos boatos de que o presidente da Assembleia Legislativa não tem alinhamento com Emanuel Pinheiro.

“Defendi muito a pré-candidatura do meu amigo e deputado federal Fábio Garcia para prefeito de Cuiabá por entender que é um jovem competente, que já foi secretário da prefeitura na gestão do então prefeito Mauro Mendes. Fez uma bela campanha começou com o apoio de dois vereadores aqui, já estava com 8 vereadores. Começou com 2% em pesquisas, foi para 6 e na última apareceu com 12%. Mas, o União escolheu Eduardo Botelho”.

“Então, que o próximo gestor de Cuiabá não tenha nenhum alinhamento com o atual prefeito de Cuiabá. É importante o deputado Botelho sinalizar isso para a sociedade, que ele não tenha alinhamento com Emanuel Pinheiro. Quero propor para ele, para quebrar vínculo que vossa excelência possa ter com Pinheiro, lidere um movimento na Câmara para que a Casa reprove as contas do prefeito Emanuel Pinheiro. Assim quebra qualquer dogma que ele tenha alinhamento ou de continuidade a gestão devasta caso seja eleito”, finaliza.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS