REDES SOCIAIS

14°C

Edna diz que candidatura de Neri pela Federação a incomoda

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

A vereadora por Cuiabá e pré-candidata a deputada estadual Edna Sampaio (PT), disse que a candidatura do deputado federal Neri Gelller (PP) ao Senado pela Federação Brasil da Esperança, não a representa. De acordo com a petista, a ideia chega a incomodá-la.

“Não me representa em absoluto. Eu digo sempre isso para quem caminha comigo, eu não acho que derrotar o Bolsonaro seja uma luta da direita contra a esquerda, acho que elas estão se unindo nesse momento para defender a democracia e isso é importante. Mas ao mesmo tempo, eu acho a renúncia de construir um projeto político em Mato Grosso que possa oferecer para a população uma alternativa de poder, para mim é muito grave e me incomoda”, disse a petista em entrevista ao PodCast Tudo&Política do TV Única.

Até pouco tempo atrás, Neri fazia parte da base aliada do presidente Jair Bolsonaro (PL) e buscava o aval do liberal e do governador de Mato Grosso Mauro Mendes (União) para entrar na disputa ao Senado. No entanto, o progressista viu seu projeto “ir por água abaixo” após o senador Wellington Fagundes (PL) decidir ir em busca de sua reeleição. Esse ano há apenas uma vaga para a senatoria no Estado.

Com isso, Neri viu no grupo de esquerda a oportunidade de alavancar seu projeto, a Federação que conta com os partidos PT, PV e PCdoB, contará com nome do progressista ao Senado junto a primeira-dama Márcia Pinheiro (PV) como primeira suplente.

A expectativa é de que o progressista aproxime a ala do agronegócio do ex-presidente Lula (PT).

De acordo com o presidente do PT em Mato Grosso, deputado Valdir Barranco, o grupo ainda está busca de nome competitivo para entrar na disputa contra Mendes.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS