REDES SOCIAIS

35°C

Emanuel sai em defesa de Juca e diz que vaga na AL é do MDB

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), saiu em defesa do deputado estadual eleito Juca do Guaraná (MDB) e afirmou que a vaga conquistada pelo emedebista na Assembleia Legislativa (ALMT) pertence ao partido por “mérito e voto popular”.

O gestor inclusive garantiu que já acionou a sigla regional e estadual para tratar sobre o pedido ingressado pelo deputado estadual Delegado Claudinei (PL) no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no intuito de ocupar a vaga do atual vereador.

“Essa vaga é do Juca, por mérito, conquista e por voto popular. […]A vaga é do MDB, eu inclusive já estou conversando com o partido municipal e regional sobre essa vaga que é do MDB e não vamos abrir mão dela”, disse Emanuel nesta quinta-feira (20).

Acontece que, Claudinei tenta “descongelar” os votos recebidos pelo seu correligionário, o ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto Mello (PL) – que disputava sub judice – no pleito deste ano, para tentar manter sua cadeira na Assembleia, por meio do quociente eleitoral.

O liberal não conseguiu ser reeleito devido ao coeficiente eleitoral de seu partido.

Gilberto Mello teve seus 7.260 votos congelados, ocasionando a reeleição de apenas dois deputados do PL na Assembleia, sendo eles: Elizeu Nascimento e Gilberto Cattani.

Caso à Corte Eleitoral acate o pedido de Claudinei e os votos de Gilberto Mello, sejam descongelados, o PL poderá atingir 12.444 “votos de sobra”, contra 1.599 votos do MDB, fazendo com que Juca fique de fora do grupo de deputados estaduais eleitos neste ano.

“O Gilberto Melo já renunciou o seu recurso do TSE, então é só não discutir, é um direito dele renunciar, com isso tá consolidada a vaga dele”, avaliou Emanuel.

Em nota, Delegado Claudinei contesta resultado da eleição, veja na íntegra:

Nota à imprensa

Fui eleito pelas urnas. O Partido Liberal (PL), ao qual faço parte, atingiu votação para eleger três deputados estaduais. Com uma votação expressiva de 21.317 votos fiquei em terceiro no partido.

Porém, o candidato do nosso partido Gilberto Mello concorreu sub judice, obteve 7.260 votos, que estão congelados enquanto o recurso não é apreciado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Se esses votos fossem contados, já teríamos sido declarados eleitos no dia 02 de outubro.

Meu intuito é respeitar a decisão das urnas e vou lutar em todas as instâncias para alcançar o desejo de 21.317 mato-grossenses, que me escolheram para ser o seu representante na Assembleia Legislativa.

Votos recebidos

Na eleição deste ano, Claudinei recebeu 21.317 votos e Juca 20.723.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS