REDES SOCIAIS

28°C

?Investimos 19,2% de tudo o que arrecadamos?, destaca Mendes

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O governador Mauro Mendes entregou as contas anuais do Governo de Mato Grosso, nesta segunda-feira (03.04), ao presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), José Carlos Novelli.

A entrega das contas foi formalizada nesta manhã. O relator do processo será o conselheiro Guilherme Maluf. Tendo a aprovação no TCE, as contas seguem para análise da Assembleia Legislativa.

“2022 foi o encerramento de um ciclo de quatro anos. Fizemos um profundo trabalho, bastante consistente, para recuperar as contas públicas de Mato Grosso, considerando que há quatro anos nós tínhamos uma realidade muito ruim, com contas atrasadas, salários atrasados e muitas obras paralisadas”, relatou o governador.

Mauro Mendes destacou o grande volume de investimentos que o Governo de Mato Grosso tem realizado em todas as áreas, contemplando a população dos 141 municípios.

“Terminamos o ano de 2022 investindo mais de 19% da receita, é um recorde em Mato Grosso e um dos maiores investimentos no Brasil. Temos construído hospitais, escolas, estradas, investimento na Segurança e no Social, e isso está demonstrado nesse balanço”, registrou.

O presidente do TCE-MT, José Novelli, lembrou que todas as contas anteriores da gestão Mauro Mendes receberam parecer pela aprovação.

“Houve muito avanço no Governo, principalmente na gestão fiscal. Realmente o Governo arrecadou bem e teve recursos para fazer investimentos próprios em Infraestrutura. Acreditamos que em 2022 tenha sido feito dessa forma. Todos os órgãos trabalham em harmonia absoluta e o governador veio aqui nos trazer as contas pelo respeito que possui ao Tribunal de Contas de Mato Grosso”, disse o presidente.

Também participaram da entrega das contas: os conselheiros Antônio Joaquim, Valter Albano, Domingos Neto, Waldir Teis, Sérgio Ricardo; o auditor substituto de conselheiro Luiz Carlos Pereira; e os secretários de Estado Mauro Carvalho (Casa Civil), Rogério Gallo (Fazenda) e Paulo Farias (CGE).

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS