REDES SOCIAIS

23°C

Julier rebate críticas contra ?Tigresa? e diz que não aceitaria Janaina no PT por ser ?bolsonarista?

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O ex-juiz federal Julier Sebastião, que integra a defesa da atriz pornô Ester Caroline Pessatto, popularmente conhecida como ‘Tigresa Vip’, rebateu as críticas da deputada estadual Janaina Riva (MDB) e disse que não aceitaria a emedebista no Partido dos Trabalhadores (PT). No início do mês, Janaina afirmou que não aceitaria ‘Tigresa’ dentro do MDB para não virar “motivo de chacota”.

“Não é só uma questão de valores. Eu não gosto de comparar pessoas, mas eu vou dizer assim. Em relação à Ester nós lutamos politicamente e juridicamente para que ela esteja no Partido dos Trabalhadores porque ela é uma trabalhadora, é nossa companheira na campanha do Lula e estará conosco. Se a Janaina falasse que queria vir para o PT, eu seria contra. Não porque ela é mulher, mas porque ela é bolsonarista. Então, vamos colocar as coisas assim, para não ficar com hipocrisia”, afirmou, na última quinta-feira (26), em coletiva de imprensa.

Apesar de afirmar que não aceitaria ‘Tigresa’ dentro do MDB, Janaina defendeu a sua pré-candidatura e criticou a suspensão, uma vez que a atriz pornô já estava formalmente filiada junto à sigla. Segundo a deputada, se o PT não queria a pré-candidatura de Ester à Assembleia Legislativa (ALMT), não deveria ter aceitado a sua filiação.

Tigresa passou por um imbróglio político e jurídico junto ao PT, que suspendeu a sua filiação, em um ato comunicado pelo presidente estadual da sigla, o deputado Valdir Barranco.

Contudo, na última quarta-feira (25), o juiz Alexandre Paulichi Chiovitti, da 38ª Zona Eleitoral de Santo Antônio do Leverger (a 34 km de Cuiabá), determinou que o PT restabelecesse a filiação de Tigresa. Segundo o magistrado, a suspensão do seu ingresso na sigla ocorreu sem o direito à ampla defesa por parte do diretório.

A defesa de Ester apontou que a atriz pornô é vítima de uma “perseguição preconceituosa” por parte de membros da sigla.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS