REDES SOCIAIS

17°C

Lewandowski suspende PRF que fez vídeo ensinando tortura com spray de pimenta em viatura

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, decidiu aplicar pena de suspensão, por 90 dias, ao policial rodoviário federal Ronaldo Bandeira, que aparece em um vídeo mostrando como torturar pessoas detidas dentro de uma viatura, utilizando spray de pimenta.

O vídeo foi gravado durante uma aula para alunos de um cursinho onde Bandeira era professor. Na época, a instituição informou que o vídeo era de 2016.

As imagens, porém, vieram a público logo após a morte de Genivaldo de Jesus Santos durante uma ação de policiais rodoviários federais, em maio de 2022, em Sergipe.

Genivaldo morreu sufocado depois que os policiais jogaram bombas de gás dentro do porta-malas de uma viatura da PRF onde ele estava detido.

Bandeira, que atua como policial rodoviário federal em Santa Catarina, foi alvo de um processo administrativo disciplinar após o vídeo se tornar público.

Em outubro do ano passado, a corregedoria da PRF encaminhou o processo ao Ministério da Justiça e defendeu que o agente fosse demitido. Lewandowski, entretanto, decidiu por uma pena mais branda, de suspensão por 90 dias.

A portaria que traz a decisão sobre Bandeira foi publicada no “Diário Oficial da União” no dia 22 de abril. De acordo com o documento, a punição se deveu por “violação do dever de lealdade à instituição Polícia Rodoviária Federal“.

A PRF informou que, agora, a decisão será agora encaminhada à superintendência de SC, para que a pena de suspensão seja cumprida.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS