REDES SOCIAIS

28°C

Medeiros assegura que PL fará prefeitos em Cuiabá, Várzea Grande e Rondonópolis

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

José Medeiros

 

O deputado federal José Medeiros (PL-MT) reforçou que o partido vai trabalhar para eleger cerca de 40 prefeitos em Mato Grosso, entre eles o deputado estadual Cláudio Ferreira em Rondonópolis, o deputado federal Abílio Brunini em Cuiabá e a advogada Flávia Moretti em Várzea Grande. Para isso, aposta na continuidade da polarização entre direita e esquerda nas eleições de outubro de 2024.

Segundo o parlamentar, a meta é eleger o maior número de representantes possíveis na disputa municipal. “A direção estadual do PL e os parlamentares do partido estão trabalhando para eleger o maior número possível de prefeitos, vices e vereadores nas eleições do próximo ano. Temos pré-candidatos competitivos em várias cidades, entre elas Rondonópolis, Cuiabá e Várzea Grande. Vamos eleger Flávia, Cláudio e Abílio em outubro do ano que vem. As pessoas estão cansadas de serem enganadas por grupos políticos que estão no poder há décadas e vão mudar elegendo nossos pré-candidatos, que estão preparados para administrar para todos, principalmente para as mais humildades”, destacou o deputado federal.

Com relação a polarização entre direita e esquerda, Medeiros lembra que Mato Grosso é um estado conservador e que nas últimas eleições vem elegendo em sua maioria representantes conservadores. Para ele, os pré-candidatos do PL se destacam por seus posicionamentos em defesa da população e não de grupos políticos ou econômicos. “As pessoas estão cansadas de políticos sem posicionamento, que ficam em cima do muro e mentindo. Não precisa ser radical como a esquerda, mas é preciso ter posicionamento, coerência e coragem para enfrentar o sistema e trabalhar para melhorar, de fato, a vida das pessoas”, frisou. (Com Assessoria)

 

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS