REDES SOCIAIS

30°C

Na Islândia, mais de mil tremores de terra em um dia alertam para possível erupção vulcância; resort em lagoa de águas termais suspende atividade

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Águas termais da Lagoa Azul na Islândia

3 fotos

Lagoa é uma atração turística no país.

Uma onda de terremotos atingiu a Islândia nos últimos dias e um complexo de hotéis e spas de luxo em uma lagoa de águas termais na Islândia suspendeu as atividades nesta sexta-feira (10).

Os terremotos começaram no dia 25 de outubro, mas a frequência se intensificou nos últimos dias ?entre quarta-feira e quinta-feira, foram registrados 1.400 tremores de terra. O mais forte deles foi de magnitude 4,8.

Na região, as pessoas chegaram a pensar que um vulcão havia entrado em atividade (a Islândia tem mais de 130 vulcões).

Os cientistas estão monitorando a situação para detectar se a atividade sísmica está ocorrendo cada vez mais perto da superfície ?esse é um indicador de que o magma está atravessando a litosfera (a camada mais externa da Terra).

A agência de monitoramento da Islândia afirmou que por enquanto não há sinais de que os tremores estão ocorrendo em camadas cada vez mais superficiais. No entanto, a situação pode mudar rapidamente, e pode ser que haja, sim, erupção de lava.

Ilha vulcânica

A ilha da Islândia foi formada por atividade vulcânica, e há uma erupção a cada quatro ou cinco anos no país.

Em 2010 a erupção do vulcão Eyjafjallajokull, que expeliu enormes nuvens de cinzas na atmosfera, obrigou uma região grande da Europa a fechar seu espaço aéreo.

Hotel e spa de águas termais

Os cientistas afirmam que há um local a menos de 3 quilômetros de distância da Lagoa Azul onde o magma está se acumulando.

A Lagoa Azul é um lugar de águas termais na cidade de Grindavik. A atração da Lagoa Azul são as águas naturalmente aquecidas. Um spa e um resort no local suspenderam as atividades temporariamente até o dia 16.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS