REDES SOCIAIS

19°C

Por unanimidade, TSE reverte cassação de Neri Geller

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

Por um placar de 7 a 0, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), reverteu a cassação do ex-deputado federal Neri Geller (PP). Com isso, o ex-parlamentar terá de volta seus direitos políticos e poderá retornar às disputas eleitorais. Em 2022, o político tentou candidatar-se ao Senado, mas a ação judicial do TSE retirou seu nome. 

Poucos dias antes das eleições do ano passado Neri foi condenado por supostamente ter operado um esquema de trianguladao monetária. Mas, com a nova decisão os ministros entenderam que não tratava dessa conduta e poderia permanecer na política por não ter cometido crime eleitoral.

Neri foi acusado de ter feito doações ilegais com a conta do filho, Marcelo Geller.

“A prevalecer as conclusões lançadas no v. acórdão embargado, no sentido de que o ilícito imputado ao embargante estaria correlacionado com os fatos narrados na petição inicial, em razão da existência de requerimento de mitigação do sigilo bancário, se estará abrindo, data maxima venia, uma larga avenida para ajuizamento de ações sem embasamento fático específico qualquer, na expectativa da chegada de produção probatória para reajustamento (informal) da causa de pedir, com evidente violação ao devido processo legal”, escreveu o ministro relator, Raul Araújo.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS