REDES SOCIAIS

33°C

Professores apontam “desrespeito” do Governo Mendes e paralisam atividades na próxima segunda

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

[21:54, 13/05/2022] Camila Midianews: Trabalhadores da Educação pública de Mato Grossos se reúnem, ao longo deste final de semana, para debater aquilo que chamam de “desrespeito” do Governo Mauro Mendes (União Brasil) com a categoria.


Uma paralisação está marcada para ocorrer na próxima segunda-feira (16). Os profissionais cobram o cumprimento da recomposição salarial, de no mínimo 21,52%.


“É preciso defender os nossos direitos atacados pelo governo Mauro Mendes”, afirmou o presidente do Sintep-MT, Valdeir Pereira, ao convocar a paralisação.


Segundo o sindicalista, em Mato Grosso, o valor do piso salarial sempre esteve acima do nacional. Contudo, ao longo dos quatro anos do atual governo, essa valorização foi perdida.


“Hoje o piso salarial está com valor menor do que o nacional. Nossa luta é para que o governo equipare o valor estadual aos R$ 3.845,63. Por isso, a recomposição mínima de 21,52%”, explicou.

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS