REDES SOCIAIS

19°C

PT aciona Comissão de Ética e pede cassação de Medeiros por quebra de decoro

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

A direção nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), ingressou com uma representação na Comissão de Ética da Câmara dos Deputados, pedindo a cassação do deputado federal por Mato Grosso José Medeiros (PL), por quebra de decoro parlamentar.

O pedido tem como justificativa principal, uma denúncia de agressão apresentada pelos colegas de parlamento, Miguel Ângelo (PT-MG) e Gleise Hoffamann (PT-PR), durante a sessão plenária da Câmara Federal do dia 8 de março.

Segundo o relato, Medeiros teria tentado intimidar a deputada federal e presidente do PT, Gleisi. Na sequência, Medeiros teria empurrado e pisado no pé de Miguel.

De acordo com uma declaração do liberal, desta quarta-feira (24), a medida tem como objetivo principal de intimidá-lo, visto que, ele é um dos principais opositores do atual governo petista no Congresso Nacional.

“Mais uma vez eles [PT e aliados] tentam de forma antidemocrática colocar uma mordaça nos opositores desse desgoverno. É o modus operandi dos governos petistas, que seguem os regimes autoritários que ainda existem em alguns lugares do mundo. Apesar disso, não vou me intimidar! Vou continuar denunciando os desmandos do governo Lula e cobrando o cumprimento das promessas de campanha. O PT precisa descer do palanque, parar de procurar factoides para desviar o foco e começar a trabalhar”, declarou.

Na ocasião, o deputado ainda chegou a citar cassação do ex-procurador da Lava-Jato Delton Dallagnol (PODE-PR). Conforme o liberal, assim como tiraram Dallagnol, agora tentam tirá-lo.

 

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS