REDES SOCIAIS

26°C

PT Nacional confirma pré-candidatura de Lúdio Cabral em Cuiabá

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Fred Moraes

Única News

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

A presidente nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), Gleisi Hoffman, revelou que o deputado estadual Lúdio Cabral será o pré-candidato à prefeito pela legenda petista nas eleições municipalistas de 2024. O deputado pleiteava a candidatura com diretora da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), Rosa Neide, que deve permanecer no cargo.

Conforme a presidente, o partido entendeu que Lúdio seria o nome mais viável em Cuiabá, principalmente pela sua expressividade na base eleitoral em Cuiabá. Porém, revelou que o desejo da nacional era pelo nome de Rosa.

“Nós temos conversado muito dentro do partido e tínhamos a candidatura da deputada Rosa Neide, que é uma militante do PT há 42 anos, tem liderança e tínhamos cogitado essa possibilidade dela ser candidata. Temos também o Lúdio que é expressivo e avaliamos que era importante que a Rosa fique no cargo da Conab e por isso a definição do PT em caminhar com o nome do Lúdio para ser nosso candidato”, declarou a presidente na Rádio Capital FM.  

A partir de agora, o nome de Lúdio será levado à Federação Brasil da Esperança (PT, PV e PC do B), para que todos os respectivos representantes do partido entrem em um consenso e represente a agrupação partidária.  

Lúdio foi eleito pré-candidato pelos filiados do partido em uma eleição organizada pelo diretório municipal de Cuiabá, em dezembro do ano passado. Na disputa, concorriam o médico cuiabano e a ex-deputada federal Rosa Neide (PT), que acabou derrotada.  

Porém, o diretório tinha ciência de que o petista precisaria ser apresentado à Federação Brasil da Esperança, que reúne ainda o PV e o PC do B. Algumas semanas depois, o presidente estadual do partido, Valdir Barranco, desconsiderou toda a votação e anulou a escolha de Lúdio feita pelo diretório municipal.  

Segundo Barranco, quem definiria o nome do partido em Cuiabá seria o diretório nacional e sem previsão de datas. Alguns membros do partido alegaram que a decisão era antidemocrática e poderia beneficiar Rosa Neide, que tem intimidade com diversos políticos de Brasília.    Para garantir que será o escolhido, Lúdio decidir ir à capital federal e mostrar também está na briga.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS