REDES SOCIAIS

28°C

Queda de ponte nos EUA: polícia suspende buscas e afirma que 6 desaparecidos estão provavelmente mortos

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Seis pessoas que desapareceram após a queda de uma ponte em Baltimore, nos Estados Unidos, estão provavelmente mortas, de acordo com a polícia do estado de Maryland. As buscas foram suspensas na noite desta terça-feira (26) e devem ser retomadas na manhã de quarta-feira (27).

A ponte colapsou após ser atingida por um navio cargueiro. A embarcação tem bandeira de Singapura e tinha como destino o Sri Lanka. As investigações indicam que a tripulação perdeu o controle do navio antes da batida.

Segundo as autoridades, os desaparecidos são seis operários que trabalhavam em uma manutenção no meio da ponte.

A empresa responsável pelos trabalhadores já havia afirmado que provavelmente os operários tinham morrido, devido ao tempo passado desde o acidente e a temperatura da água.

Mais cedo, os bombeiros conseguiram resgatar duas pessoas com vida, sendo que uma foi socorrida em estado grave.

Além de mergulhadores, drones com câmeras infravermelhas e sonares auxiliam as buscas.

{
“data”: {“app”:{“image”:”https://s2-g1.glbimg.com/wdD11ZvVHwXkD6u45hdG6gCkdzs=/540×304/middle/smart/https://i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2024/R/Z/7NCUyLRPGhRheX3lIpjw/2024-03-26t141318z-227984239-rc2qt6ad8uuf-rtrmadp-3-maryland-incident-bridge.jpg”},”title”:”Da queda de energia ao choque, os nove minutos que antecederam batida de navio contra ponte nos EUA”,”type”:”editorial”,”url”:”https://g1.globo.com/mundo/noticia/2024/03/26/infografico-da-queda-de-energia-ao-choque-os-nove-minutos-que-antecederam-batida-de-navio-contra-ponte-nos-eua.ghtml”,”web”:{“desktop”:”https://s2-g1.glbimg.com/F45EscbNcPJHMzmpM4lWP9jJzhc=/320×200/middle/smart/https://i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2024/R/Z/7NCUyLRPGhRheX3lIpjw/2024-03-26t141318z-227984239-rc2qt6ad8uuf-rtrmadp-3-maryland-incident-bridge.jpg”,”image”:”https://s2-g1.glbimg.com/wdD11ZvVHwXkD6u45hdG6gCkdzs=/540×304/middle/smart/https://i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2024/R/Z/7NCUyLRPGhRheX3lIpjw/2024-03-26t141318z-227984239-rc2qt6ad8uuf-rtrmadp-3-maryland-incident-bridge.jpg”,”mobileSizes”:{“L”:”https://s2-g1.glbimg.com/VXmgEl4x5xMKUp1-dF05AbPST-E=/414×468/middle/smart/https://i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2024/R/Z/7NCUyLRPGhRheX3lIpjw/2024-03-26t141318z-227984239-rc2qt6ad8uuf-rtrmadp-3-maryland-incident-bridge.jpg”,”LL”:”https://s2-g1.glbimg.com/QYoQL4Too2h1vc7Qen80Wq_vWK4=/480×543/middle/smart/https://i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2024/R/Z/7NCUyLRPGhRheX3lIpjw/2024-03-26t141318z-227984239-rc2qt6ad8uuf-rtrmadp-3-maryland-incident-bridge.jpg”,”M”:”https://s2-g1.glbimg.com/yMusf3fzctx92qhXb54t-BQ4gDY=/375×424/middle/smart/https://i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2024/R/Z/7NCUyLRPGhRheX3lIpjw/2024-03-26t141318z-227984239-rc2qt6ad8uuf-rtrmadp-3-maryland-incident-bridge.jpg”,”S”:”https://s2-g1.glbimg.com/SaEfvRRQYVuUOsVpCtg6NdXUk-M=/320×362/middle/smart/https://i.s3.glbimg.com/v1/AUTH_59edd422c0c84a879bd37670ae4f538a/internal_photos/bs/2024/R/Z/7NCUyLRPGhRheX3lIpjw/2024-03-26t141318z-227984239-rc2qt6ad8uuf-rtrmadp-3-maryland-incident-bridge.jpg”}}}
}

Porta-contêiner

O navio envolvido no acidente é um porta-contêiner com bandeira de Singapura e tinha como destino o Sri Lanka.

O cargueiro, batizado de Dali, tem 300 metros de comprimento e 48 de largura, de acordo com o site MarineTraffic.

O navio era operado pela empresa Synergy e estava a serviço da companhia dinamarquesa Maersk, de acordo com a CNN. Segundo a operadora, nenhum membro da tripulação ficou ferido na colisão.

Tráfego naval suspenso

Para facilitar o trabalho dos bombeiros, a Autoridade de Transporte de Maryland bloqueou todas as vias na região da ponte Francis Scott Key — uma importante ligação entre dois pontos da cidade, cruzando o Rio Patapsco.

O tráfego naval no porto de Baltimore também foi suspenso e não tinha previsão para ser retomado nesta terça-feira. A agência que controla a aviação nos EUA também restringiu o espaço aéreo e pediu para que drones particulares não sobrevoem a região.

O governador de Maryland, Wes Moore, declarou estado de emergência. O secretário de Transporte dos EUA, Pete Buttigieg, disse que está em contato com o governador e com o prefeito de Baltimore, Brandon M. Scott.

Segundo o FBI e o secretário nacional de Segurança Interna, Alejandro Mayorkas, não há indicativo de ato terrorista no incidente, nem de que ele teria sido intencional. De acordo com a rede de TV ABC News, o navio perdeu propulsão enquanto manobrava para sair do porto.

Ponte Francis Scott Key

Inaugurada em 1977, a ponte tinha quase 3 quilômetros de extensão e quatro pistas, que ficavam cerca de 55 metros acima das águas. A estrutura também contava com uma ponte elevadiça que dava acesso ao porto de Baltimore.

A ponte foi batizada com o nome do autor do poema que deu origem ao hino dos Estados Unidos. Segundo estudiosos, Francis Scott Key escreveu os versos após presenciar o bombardeio do Forte McHenry, em 1814, na região de Baltimore.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS