REDES SOCIAIS

14°C

Sem aderir à candidatura de WF, Pivetta diz não ter nome para Senado

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O vice-governador de Mato Grosso, Otaviano Pivetta (Republicanos), desmentiu os “boatos” em torno de seu apoio ao Senado e disse que ainda não definiu nenhum nome para disputa. A informação é de que o republicano apoiaria a candidatura de Natasha Slhessarenko (PSB).

Hoje, o governador Mauro Mendes (União) caminha para uma aliança com o senador Wellington Fagundes (PL), que é correligionário e o nome escolhido pelo presidente Jair Bolsonaro para representar Mato Grosso em Brasília. Apesar disso, Pivetta que é o nome desejado por Mendes para compor novamente sua chapa como vice, disse ainda estar “analisando” os nomes à disposição.

“Eu não decidi ainda, até agora não sabemos quem são os candidatos, nós temos apenas pré-candidaturas e no momento certo eu vou me pronunciar, ainda estou analisando”, disse nesta segunda-feira (18), durante o lançamento oficial da pré-candidatura de Mendes à reeleição.

Dobradinha com Pivetta

Na ocasião, Mauro chegou afirmou publicamente que tem o desejo de repetir a dobradinha de 2018 com Otaviano. No entanto, caberá à Pivetta aceitar o convite e consequentemente, debater entre os partidos que estiverem coligados a candidatura do grupo ao Governo.

“Nós estamos no devido tempo tomando às decisões. O vice-governador também será um objeto de discussão, porém, eu já coloquei a minha opinião e nunca hesitei em falar que se eu fosse candidato, o meu desejo é ter Otaviano Pivetta como vice. E essas decisões vão depender dele, obviamente. E depois, de uma conversa e diálogo com os partidos que estão do nosso lado”, disse Mendes.

Após ser convidado publicamente durante evento, Pivetta brincou e disse que precisaria de 2h para dar a resposta se aceitaria o convite do governador.

“A partir do momento que ele me convidar de fato, nós vamos começar a pensar. Eu costumo pensar bem, demoro 2h para dar resposta”, respondeu.

Passadas as horas, ou dias, nesta quarta-feira (20), o presidente do diretório estadual do Republicanos, Adilton Sachetti confirmou ao Única News Otaviano ainda não havia comunicado sua decisão à legenda.

As convenções do Republicanos estão marcadas para o próximo dia 2 de agosto. Independente da resposta de Pivetta, a sigla segue na aliança da situação. “Estamos com o Mauro pelo trabalho que ele vem fazendo em todo o Estado”, disse Sachetti.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS