REDES SOCIAIS

21°C

Vereador diz que não carregará “pecha” de traidor e pode sair do PP

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O vereador por Cuiabá Luis Claúdio (PP) afirmou que continuará sendo base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). A decisão ocorre em meio a um “racha” do partido. O presidente estadual da sigla, deputado Paulo Araújo é opositor ferrenho ao gestor municipal. Paulo e Emanuel já foram aliados, mas após desentendimentos, Paulo passou a ser oposição forte. Um das críticas feitas pelo deputado é em relação à saúde da capital. Ele preside a comissão que acompanha a intervenção na pasta.

Desde que Paulo assumiu a direção do PP, uma das dúvidas era se o partido continuaria na base de Emanuel. O vereador Luis Claúdio disse que mesmo que o direcionamento da estadual seja diferente, ele seguirá com o prefeito até o fim.

“A gente ajudou eleger, tem que ir até o fim com ele. O PP ajudou construir a candidatura de Emanuel Pinheiro (…) O que não cabe a mim é a pecha de traidor. Eu vou continuar firme dando apoio ao prefeito Emanuel, na base de sustentação”, disse Luis Claúdio em entrevista à imprensa nesta terça-feira (11).

Sobre a postura de Paulo Araújo dizendo que quem quisesse, podia sair do partido, Luis Claúdio ponderou que se “dar a chave” ele sai. “Eu particularmente pego minha malinha que é pequena dentro do PP e saio. Estou igual atleta quando reincide com time de futebol, esperando propostas”. ressaltou.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS