REDES SOCIAIS

21°C

Emanuel sobre programa do Governo de MT: “Um picadeiro”

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) criticou em entrevista à imprensa nesta terça-feira (11), o programa lançado pelo Governo de Mato Grosso para a retomada de cirurgias no pronto-socorro de Cuiabá. A retomada é parte do cronograma da Intervenção na Saúde de Cuiabá, pasta que é comandada pelo Estado após decisão judicial. O governador Mauro Mendes (União) prometeu inicialmente uma média de 100 procedimentos por semana. No entanto, Pinheiro disse que o evento foi “um picadeiro”.

“Eu fico vendo tanta borracha. Aquele evento no antigo pronto-socorro foi um picadeiro. 18 cirurgias eletivas, em pouco meses fazíamos 1,8 mil”, afirmou Emanuel Pinheiro.

O prefeito disse que o evento foi uma junção da elite política para debochar dele. “Junta toda elite política, todos contra o povo (…) junta todo mundo para debochar. Ele falam, agora Emanuel morre, já mataram Emanuel umas dez vezes e não consegue porque Emanuel é povão”, diz.

O Gabinete de Intervenção Estadual na Saúde de Cuiabá retomou nesta segunda-feira (10.04) a realização de cirurgias eletivas no Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (HPSMC), que estavam suspensas há mais de quatro meses. A previsão é fazer até 200 procedimentos de baixa e média complexidade por semana, chegando a 800 por mês.

São mais de 110 mil pessoas na fila esperando por cirurgias. O levantamento mostrou que pelo menos 9 mil morreram sem atendimento.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS