REDES SOCIAIS

28°C

?Votação deve ocorrer só ano que vem?, afirma Jayme

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

Em conversa com jornalistas, o senador mato-grossense Jayme Campos (UB) afirmou que a votação sobre a Reforma Tributária deve ocorrer apenas no ano que vem.

O relatório da reforma foi lido na última semana, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal pelo relator, senador Eduardo Braga (MDB-AM) e está previsto para ser votado na próxima terça-feira (7).

Depois de aprovado na comissão, o objetivo de Braga é iniciar, no mesmo dia, a discussão da pauta no plenário da Casa de Leis, com a votação concluída na quinta-feira (9).

Contudo, Jayme acredita que o debate sobre o relatório deverá estender no Parlamento.

“Vejo que vai ser uma ampla discussão, um debate longo e não sei se ainda em 2023 vamos conseguir aprovar”, disse.

“Creio que vai haver muita dificuldade, porque imagino quantas emendas de deputados serão apresentadas, quantos destaques serão apresentados. Tudo isso leva um tempo bastante razoável”, completou.

O texto da proposta traz alterações e o relator aprovou, parcialmente ou totalmente, 183 das 663 emendas apresentadas pelos senadores.

Jayme garantiu que sua prioridade no Senado é manter as mudanças menos prejudiciais possíveis aos brasileiros, em especial à população mato-grossense.

“Espero que nós façamos uma Reforma Tributária que não leve nenhuma carga tributária que possa pesar sobre os ombros do cidadão brasileiro, que trabalha 140 dias por ano só para pagar imposto”, concluiu.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS