REDES SOCIAIS

21°C

Após áudio vazado, Cuiabá confirma Denilson como autor e mantém o jogador afastado

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Na tarde desta terça-feira, um áudio do volante Denilson viralizou nas redes sociais. Ele contradiz o clube sobre os motivos de não ser relacionado para os jogos, atribui o afastamento a uma suposta proposta do Corinthians e uma parceria do Cuiabá com seus empresários. A diretoria do Dourado nega a versão do jogador e confirma que ele está afastado por estar acima do peso.

Denilson negou a autoria do áudio vazado, mas o Cuiabá confirmou o atleta como o responsável. Segundo apuração do ge, o volante se arrependeu após a repercussão.

– Os caras já me queriam aí no Corinthians há maior tempão, e eu dei prioridade pro Corinthians. O São Paulo, Fluminense e outros times me queriam, mas eu dei prioridade aí. E os meus empresários falaram que não teve proposta, mas eu sei que chegou, e aí eu não vou renovar com eles, vou pra outra empresa. E até então os caras meio que são sócios aqui no Cuiabá, tá ligado. E aí os caras (Cuiabá) estão me deixando afastado, não estão me colocando pra jogar. E falam que é negócio de peso alto pra mídia, mas vai ter uma hora que eu vou perder a paciência e vou falar o que é. E aí eles tiram um negócio do meu contrato que não pode tirar – diz Denilson no áudio vazado.

Sobre o motivo de não ser relacionado, o presidente do Cuiabá, Cristiano Dresch, disse que o jogador está afastado das partidas por estar acima dos índices de gordura estabelecidos em contrato. Segundo o clube, Denilson, inclusive, já foi advertido com multas em outras oportunidades pelas questões físicas.

Segundo apurou o ge, o Corinthians não enviou proposta oficial pelo jogador – informação confirmada pelo presidente do Cuiabá.

– Ninguém procurou o Cuiabá por causa dele (Denilson), nem oficialmente nem extraoficialmente – disse Cristiano Dresch.

A respeito da parceria entre o Dourado e os empresários de Denilson, o dirigente auriverde confirmou que existe uma proximidade, mas refutou qualquer conflito de interesse.

– São empresas que acreditaram no clube em 2021, mas os donos do Cuiabá todos sabem quem são.

Cristiano Dresch negou que haverá alguma punição ao jogador pelo conteúdo do áudio vazado. Apesar disso, afirmou que Denilson segue longe dos jogos oficiais até que atinja o peso ideal estabelecido pelo clube. A diretoria auriverde se mostrou insatisfeita com a postura extracampo do volante.

Denilson não viajou com o restante do elenco para o Espírito Santo, onde o Cuiabá encara o Real Noroeste pela primeira fase da Copa do Brasil. O Dourado estreia nesta quarta-feira, às 20h30 (horário de MT), com transmissão do Sportv e Premiere.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS