REDES SOCIAIS

33°C

Botelho diz que União não tem ?plano B? caso Mendes abandone disputa por reeleição

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), o deputado estadual Eduardo Botelho (União), disse que o partido não possui nenhum “plano B” caso o governador Mauro Mendes não entre na disputa por sua reeleição. Conforme o deputado, apesar do momento delicado devido à problemas de saúde da primeira-dama Virginia Mendes, o candidato ao Governo pela sigla é Mendes.

“O União não tem nenhum plano B, Mauro Mendes é o candidato, e ele tem confirmado isso em rodas mais internas do partido. A gente espera que a primeira-dama tenha sucesso em seu tratamento”, disse o parlamentar nesta segunda-feira (6) durante entrevista à Rádio Capital.

Botelho ainda enfatizou que o estado de saúde da primeira-dama Virginia Mendes não deve influenciar em nada no andamento da reeleição do governador. No entanto, o chefe do Palácio Paiaguás já admitiu que a saúde da primeira-dama pode interferir nos planos políticos.

“Eu até recomendo que o governador saia e se afaste mesmo, ele precisa ficar ao lado da esposa, da família, é um direito dele. O estado está bem redondo, a equipe do governador é alinhada com as ideologias dele e não vejo essa situação o prejudicando, tanto no Executivo quando na campanha de fato”, explicou.

Segundo o presidente da Casa de Leis, Mendes ainda não definiu quando deve se afastar de suas funções, mas destacou que o Estado estará em boas mãos caso o vice-governador Otaviano Pivetta (Republicanos) assuma o governo durante o afastamento.

“Ele ainda não definiu quando e nem quantos dias irá ficar afastado, e o Pivetta assumindo é perfeito, ele está alinhado com o governador, participa praticamente de todas as decisões, então essa saída é muito tranquila”, falou.

Estado de saúde de Virginia

Na última semana, Mendes anunciou que deve se licenciar do Governo do Estado para acompanhar um tratamento de saúde da primeira-dama. Segundo o governador, ainda não existe um diagnóstico final sobre o estado de saúde de Virginia.

A primeira-dama, que é transplantada renal, esteve internada em uma unidade de saúde de São Paulo, no final de abril, após passar por uma oscilação na glicemia. Em suas redes sociais, ambos anunciaram que haveriam dias difíceis pela frente devido aos problemas de saúde.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS