REDES SOCIAIS

28°C

Consórcio BRT atrasa aluguéis, contas de energia e até IPTU de imóveis locados em VG

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Redação | Estadão Mato Grosso

Empresários de Várzea Grande afirmam que não é apenas a obra de implantação do BRT que está sendo atrasada pelo Consórcio Construtor BRT Cuiabá.  Segundo fontes do jornal Estadão Mato Grosso, o grupo empresarial também mantém atrasos nos pagamentos de aluguéis e do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2023 e 2024.

O informante relatou que os aluguéis são pagos, mas com atraso de cerca de 90 dias. O mesmo, porém, não estaria acontecendo com o IPTU. Além disso, as contas de energia dos imóveis locados pelo Consórcio não estariam sendo pagas.

A denúncia aponta ainda que as empresas também teriam retirado os hidrômetros dos locais alugados para não pagar a conta de água.

O Consórcio BRT se manifestou por meio de nota:

Nota de Esclarecimento
Sobre reportagem publicada no Jornal Estadão Mato Grosso, dia 29 de maio de 2024, que aborda supostas pendências financeiras com os imóveis locados em Várzea Grande, o Consórcio Construtor BRT informa que o pagamento dos aluguéis estão em dia, assim como o pagamento das contas de luz. Reforçamos, ainda, que todos os imóveis alugados pelo Consórcio BRT possuem hidrômetros funcionais, operacionais e com lacre


VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS