REDES SOCIAIS

33°C

Deputado cobra celeridade em processo da BR-163

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O deputado estadual Xuxu Dal Molin (União), cobrou a celeridade no processo de relicitação da BR-163 durante a audiência pública promovida pela Comissão de Infraestrutura do Senado, na última terça-feira (14), em Brasília. Conforme o parlamentar, independente do modelo escolhido, a população mato-grossense precisa ver os resultados gerado pelas discussões.

“Independentemente do modelo escolhido, nós queremos ver resultados. Caso contrário agiremos de outra forma. Estamos dispostos a “fechar a torneira” do escoamento de grãos do Brasil”, enfatizou.

Promovida pela Comissão de Infraestrutura do Senado (CI) para debater o processo de relicitação da BR-163, a audiência reuniu representantes do Ministério de Infraestrutura, da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), além de membros de entidades de classes, vereadores e os prefeitos de Nova Mutum, Leandro Félix (PSL), Lucas do Rio Verde, Miguel Vaz (Cidadania), de Sinop, Roberto Dorner (Republicanos), que participou de forma remota, e do governador em exercício, Otaviano Pivetta (Republicanos), entre outras autoridades.

O autor do requerimento que originou o debate, senador Fábio Garcia (União), destacou que o trecho da BR-163 localizado no Meio Norte do Estado é o principal corredor de escoamento da produção mato-grossense e boa parte dela ainda não foi duplicada. No entanto, observou, há cobrança de pedágios nas vias. A falta de manutenção e de duplicação tem afetado além da economia, do transporte da produção e das condições para os caminhoneiros a vida da população, principalmente dos municípios de Várzea Grande, Jangada, Diamantino, Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Sorriso, Vera e Sinop.

“É para nós mato-grossenses, de fato, inaceitável a situação em que se encontra a nossa BR-163, com a paralisação completa dos investimentos nessa rodovia, após concessionada hoje à Rota do Oeste, e também com a manutenção inadequada, ao nosso ver, da rodovia BR-163, em especial no trecho concessionado à Roda do Oeste”, reclamou.

Também participaram da audiência, os senadores mato-grossenses, Margareth Busetti (PP), Wellington Fagundes, o deputado federal, José Medeiros (PL) e o vereador por Sorriso, Wanderley Paulo (PP).

Nova licitação – O coordenador-geral da Secretaria Nacional de Transportes Terrestres do Ministério da Infraestrutura, Anderson Santos Bellas, explicou que o atual contrato de concessão foi pensado em 2012, quando o Brasil tinha outra expectativa de desenvolvimento econômico e uma outra política de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

De 2014 para os dias de hoje, salientou Bellas,” houve uma restrição maior de investimentos e uma tarifa maior dificultando a viabilidade do atual contrato com a modelagem pensada no passado. Ele frisou que o ministério entende como sendo a saída mais rápida o processo de relicitação, que, de acordo com ele, deve ser homologado por um decreto presidencial nos próximos dias”.

(Com informações da assessoria e Agência do Senado)

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS