REDES SOCIAIS

23°C

Galli critica Cattani e diz que deputado foi incoerente ao justificar voto contra RGA de servidores

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O ex-deputado federal e presidente do PTB em Mato Grosso, Victorio Galli chamou o deputado estadual Gilberto Cattani (PL) de incoerente, no último domingo (12). Em um vídeo publicado em suas redes sociais, Galli disse que o parlamentar “não soube justificar” seu voto contrário ao (PDL) 1º/2022, que permitia a concessão da Revisão Geral Anual (RGA) de 2018 aos servidores do Estado.

Para o líder do PTB, Cattani foi incoerente ao dizer que não havia inflação em 2018.

Galli ainda enfatizou que o parlamentar votou contra o RGA por “birra”, visto que, muitos servidores se manifestavam contra o presidente da República Jair Bolsonaro (PL).

“Vossa excelência disse que não teve inflação nesse período. Ora, consulte o Google, vai lá no professor Google e digita lá ‘inflação de 2017 e 2018’, teve sim! Inclusive com o NPC. O que eles estão reivindicando é direito deles, tá certo? Olha o tamanho da sua incoerência, dizendo que não votou porque tinha gente fazendo propaganda contra Bolsonaro”, disse.

PDL

A proposta polêmica foi arquivada pela Casa de Leis no dia 8 de junho, após os deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) rejeitarem em sessão plenária, por 11 votos, o Projeto sobre a Revisão Geral Anual (RGA).

O projeto recebeu parecer contrário da Comissão de Trabalho e Administração, sob presidência do deputado estadual Dilmar Dal Bosco (UB), com quatro assinaturas. Entretanto, não foram divulgados quais deputados assinaram o parecer da Comissão contrário ao PDL. Em plenário, apenas oito deputados votaram contra o parecer, pela aprovação da proposta.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

 
 
 

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS