REDES SOCIAIS

26°C

Gleisi diz ter sofrido ataques em Natal e pede apuração à PF; em confusão, deputado deu tapa em celular de membro do MBL

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

A presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), afirmou ter sofrido ataques de um influenciador ligado ao Movimento Brasil Livre (MBL) ao desembarcar no Aeroporto Internacional de Natal, na última sexta-feira (15).

Em uma confusão, o deputado federal Fernando Mineiro (PT-RN), que acompanhava Gleisi na agenda, reagiu ao que chamou de ?agressões? e ?ataques misóginos? à parlamentar. Vídeos publicados nas redes sociais mostram Mineiro dando um tapa no celular do influenciador Matheus Faustino, pré-candidato a vereador em Natal.

Segundo Gleisi, a Polícia Federal foi acionada para apurar o conflito. A presidente do PT também afirmou que tomará as medidas judiciais cabíveis.

Imagens publicadas pelo próprio membro do MBL mostram que ele aguardava a chegada da deputada no aeroporto da capital do Rio Grande do Norte. Ele faz perguntas à Gleisi, questionando o número de feminicídios registrados no país.

Sem respostas, ele aponta para a deputada e diz que ela foi a ?primeira senadora ré na Lava Jato? ? a parlamentar foi absolvida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2018. Gleisi Hoffmann responde: ?Idiota?.

Na sequência, o vídeo publicado por Faustino somente mostra a confusão com Fernando Mineiro. O deputado dá um tapa no celular do influenciador. Logo depois, puxa o braço do membro do MBL e o leva ao chão.

Ao g1, o deputado federal afirmou apenas ter reagido “diante das agressões” contra Gleisi. Ele disse que a reação se deu em uma tentativa de “afastá-los”.

“No desembarque no aeroporto, ela foi abordada por alguns elementos, que logo passaram a gritar e a pressioná-la. Estamos providenciando as devidas medidas jurídicas e criminais”, disse Mineiro.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS