REDES SOCIAIS

21°C

Governo Federal anuncia apoio a cidade do Rio de Janeiro após fortes chuvas

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional (MIDR) anunciou, neste domingo (14), que vai dar apoio a cidade do Rio de Janeiro por causa das fortes chuvas que atingiram a região metropolitana.

De acordo com o ministro Waldez Góes, a frente da pasta, o governo pode ajudar a região com compra de alimentos e água potável, assistência humanitária e também para restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura pública destruída ou danificada pelo desastre.

?Não faltarão recursos federais para atendimento à cidade do Rio de Janeiro. Essa é uma determinação do presidente Lula para qualquer caso de desastre em nosso País?, afirmou Góez.

No começo da tarde, Góez e o prefeito da cidade, Eduardo Paes, conversaram por telefone sobre a ajuda necessária. O ministro colocou a Defesa Civil Nacional à disposição da capital.

?Estamos acompanhando de perto a situação do Rio de Janeiro e iremos fazer tudo o que for necessário para atender a população afetada”, afirmou o ministro.

O prefeito Eduardo Paes pediu pediu para a população evitar deslocamentos na cidade neste domingo, sobretudo nas áreas atingidas.

LEIA TAMBÉM

Estragos da chuva

As chuvas atingiram a cidade, especial a Zona Norte e sua região de fronteira com a Baixada Fluminense, desde a noite de sábado.

Entre os transtornos vividos no Rio ao longo do domingo estão a falta de luz no hospital Ronaldo Gazolla, em Acari. Moradores de áreas como a Pavuna viram o rio que passa o bairro transbordar. Em Anchieta choveu 259,2 milímetros no período de 24 horas, o recorde em toda a série histórica.

A Defesa Civil registrou mais de 30 bolsões d?água nas vias principais da cidade, 15 pontos de alagamento e cinco quedas de árvores.

A Avenida Brasil ficou alagada nos dois sentidos, na altura de Irajá, e foi interditada durante a madrugada. Ela foi reaberta por volta das 11h30. Apenas a pista central no sentido Centro ainda permanecia interditada para o trabalho das equipes municipais.

Por volta das 14h20, porém, a Rodovia Washington Luís ainda estava bloqueada por alagamentos em frente à Reduc, o que provocou um grande engarrafamento. Uma pista reversível foi aberta no sentido Juiz de Fora, em Duque de Caxias, operando entre o km 109 e km 114.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS