REDES SOCIAIS

35°C

Ministra passava Carnaval em região afetada pelas chuvas em SP e foi resgatada de helicóptero, diz governo

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

A ministra da Gestão e Inovação em Serviços Públicos, Esther Dweck, passava o Carnaval no litoral norte de São Paulo, região afetada pelo temporal do domingo (19), e precisou ser retirada de helicóptero para poder ir embora para a capital do estado.

A informação foi divulgada pela equipe do ministério nesta segunda-feira (20).

Segundo a nota, a ministra ficou isolada pelas águas, por isso precisou embarcar em helicóptero das Forças Armadas.

“A ministra agradece o trabalho dos militares que a deslocaram até uma área segura do município de São Sebastião, para que de lá ela pudesse se dirigir até a capital paulista. Esther Dweck agora se soma aos esforços de governo para planejar e executar medidas emergenciais em favor da população atingida”, relatou o governo.

O litoral norte de São Paulo recebeu, no domingo, a chuva mais volumosa já registrada no país, segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Foram 683 milímetros acumulados.

Para cada milímetro de chuva que cai, o volume equivale a um litro despejado por uma área de 1 metro quadrado.

Até a noite desta segunda, o temporal havia deixado pelo menos 40 mortos (39 em São Sebastião e um em Ubatuba).

Foi decretado estado de calamidade em seis cidades e luto oficial de três dias. Em todo o estado de São Paulo, são 1.730 desalojados e 766 desabrigados. Em Bertioga, foram registrados alagamentos, queda de árvores e barreiras, falta de luz e a rodovia Rio-Santos ficou interditada.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS