REDES SOCIAIS

21°C

PF cumpre mandados na região em operação para prender foragidos do 8 de janeiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Três suspeitos de participação nos atos democráticos de oito de janeiro foram alvos da Polícia Federal de Campinas (SP) na manhã desta quinta-feira (6) em mais uma fase da Operação Lesa Pátria.

Segundo a PF, um investigado foi preso em Sumaré (SP) e encaminhado à Superintendência Regional da Polícia Federal em São Paulo. Os outros dois alvos, de Campinas, não foram encontrados pelos agentes e seguem foragidos.

Os três alvos tiveram mandado de prisão preventiva expedido pelo Supremo Tribunal Federal e, segundo a Polícia Federal, são considerados foragidos da Justiça por terem descumprido medidas cautelares diversas da prisão.

Entre os descumprimentos de medidas, ainda de acordo com os policiais, estão: violação de tornozeleira eletrônica; mudança de endereço sem comunicação; e o não comparecimento à Justiça.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Em todo o Brasil, policiais cumpriram 208 mandados de prisão preventiva em 18 estados e no Distrito Federal. Desse total de alvos, 170 foram classificados como foragidos. Os envolvidos, segundo a PF, descumpriram medidas cautelares judiciais ou ainda fugiram para outros países, com o objetivo “de se furtarem da aplicação da lei penal”.

A principal rota, segundo os investigadores, é a Argentina, onde estariam mais de 60 pessoas.

Embora não tenham mandados de busca e apreensão expedidos, a PF informou que há ordem judicial para apreensão de eventuais armas encontradas. Uma foi localizada.

Os nomes dos foragidos que não forem presos serão incluídos no Banco Nacional de Mandados de Prisão (BNMP). Aquelas pessoas que a PF já mapeou e que estão no exterior serão incluídas na lista de procurados da Interpol.

Segundo a PF, o número de mandados por unidade da federação são:

Distrito Federal – 7
Paraná – 5
Bahia – 1
Mato Grosso – 4
Minas Gerais – 7
Goiás – 1
Mato Grosso do Sul – 1
São Paulo – 17
Santa Catarina – 3
Espirito Santo – 1
Pará – 1

Os crimes associados aos envolvidos são:

  • abolição violenta do Estado Democrático de Direito;
  • golpe de Estado;
  • dano qualificado;
  • associação criminosa;
  • incitação ao crime;
  • destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS