REDES SOCIAIS

19°C

Representante do Brasil em Atlanta 96 aponta caminhos para sucesso na Corrida de Reis

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Representante do Brasil nos 110m com barreiras nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996, o ex-atleta Emerson Perin também tem expertise na maior prova do Centro-Oeste: a Corrida de Reis.

Atualmente no comando de uma empresa de assessoria para corredores profissionais e amadores, Perin aponta os caminhos para o sucesso na competição.

– A gente frisa que a Corrida de Reis é uma decisão que precisa ser tomada quatro meses antes. Pra se preparar, quando se tem o intuito de melhorar o resultado na corrida e chegar numa condição melhor. A gente sempre coloca no programa o calendário dos alunos, os objetivos pra que a gente possa administrar todo treino, a performance pra chegar no dia da prova e estar bem. A única coisa que a gente fala que tem que ter na época festiva, de Natal e Réveillon, pra justamente o treino não atrapalhar esses momentos familiares, assim como o momento familiar não atrapalhar o treino.

O ex-atleta olímpico usa da experiência para atentar à importância em estudar e analisar os 10km do percurso da Corrida de Reis para não haver surpresas no momento final.

– A pessoa, quando for fazer uma prova, tem que estudar o percurso, a logística do dia, hidratação, banheiro. Tem que montar uma estratégia pra que consiga ter um domínio do percurso e com isso saber quais momentos você pode acelerar, quais tem que diminuir, qual fazer um ataque com relação a melhorar o resultado, então essas coisas ajudam ter uma noção melhor de como conduzir a prova.

Emerson Perin compara a sensação de cruzar as linha de chegada e ver seus limites superados com a disputa dos Jogos Olímpicos. Na opinião dele, as sensações se assemelham: da vitória pessoal e da conquista esportiva.

– Eu sempre falo pros meus alunos, o fato deles vencerem o desafio e performar dentro do que eles almejam, é uma gratificação parecida pela sensação. Eu já fui atleta de alto rendimento, já fui para as Olimpíadas, a sensação de vencer não foge muito a do desafio de melhorar o resultado. É uma sensação que te satisfaz, é uma homenagem ao esforço que você fez pela dedicação. A emoção de passar pela linha de chegada é como nas Olimpíadas.

A 39ª edição da Corrida de Reis será realizada no dia 14 de janeiro de 2024. O tradicional percurso de 10 km terá largada na Ponte Sérgio Mota, em Várzea Grande, e chegada na Praça das Bandeiras, em Cuiabá.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS