REDES SOCIAIS

34°C

Rússia anuncia fim do embargo à carne bovina brasileira, diz Itamaraty

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Ministério das Relações Exteriores informou nesta sexta-feira (7) que a Rússia anunciou o fim do embargo à carne bovina brasileira exportada do Pará.

O embargo havia sido anunciado pelo país no mês passado, após a confirmação de um caso atípico de “vaca louca” em uma pequena propriedade no município de Marabá, no Pará, no dia 22 de fevereiro.

O caso foi considerado atípico, isto é, sem risco de disseminação ou risco à saúde pública (relembre no vídeo mais abaixo).

“O governo brasileiro recebeu com satisfação o anúncio hoje, 7 de abril, do fim das restrições à carne bovina brasileira impostas pela Rússia em razão do caso isolado de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB) atípica no estado do Pará”, informou o Itamaraty.

“O anúncio, que se soma à recente reabertura do mercado das Filipinas, lograda em 28 de março, e à reabertura de outros mercados (nota no. 109/2023), representa a plena normalização do comércio do produto com a Rússia”, acrescentou o governo brasileiro.

Segundo o governo brasileiro, em 2022, as exportações de carne bovina para a Rússia somaram cerca de US$ 165 milhões, o equivalente a 24 mil toneladas do produto.


window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Outros embargos

Além da Rússia, países como China e Filipinas também anunciaram embargo à carne bovina brasileira após o caso atípico de “vaca louca”.

Esses países, no entanto, já retomaram a compra do produto.

De acordo com o Itamaraty, embaixadas brasileiras e representações do Ministério da Agricultura e Pecuária em países considerados “estratégicos” têm atuado desde que o caso foi registrado no Pará a fim de evitar fechamentos “indevidos” de mercados.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS