REDES SOCIAIS

18°C

Técnicos do Senado devem concluir análise da decisão de Zanin sobre a desoneração ainda nesta manhã, diz Pacheco

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O presidente do Congresso, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou nesta sexta-feira (26) ao blog que técnicos do Senado devem terminar ainda nesta manhã o desenho da reação parlamentar à decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Cristiano Zanin.

Zanin atendeu a um pedido do governo e suspendeu nesta quinta-feira (25) trechos da lei que prorrogou até 2027 a desoneração da folha de pagamentos de empresas e de municípios.

?Consultoria e advocacia do Senado estão reunidos e me trarão a análise técnica do tema ainda pela manhã?, disse Pacheco ao blog.

Nessa quinta, ele já tinha adiantado à imprensa que pediria esse levantamento. A partir desse material, Pacheco vai definir o conteúdo do recurso ao STF para reverter a medida.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

A decisão de Zanin

Na decisão, Zanin concordou com o argumento do governo de que a renúncia não pode ser dada sem que ocorra a indicação do impacto orçamentário. Segundo o Zanin, sem essa previsão há risco de um desajuste significativo nas contas públicas e até mesmo do esvaziamento do regime fiscal.

No entanto, o senador argumentou que vai buscar meios jurídicos para reverter a decisão e, dessa forma, manter a medida que prorroga até 2027 a desoneração de empresas dos 17 setores que mais empregam na economia.

Em nota, divulgada à imprensa, Pacheco escreveu que o governo federal “erra ao judicializar a política e impor suas próprias razões” no que chamou de “aparente terceiro turno de discussão sobre o tema da desoneração da folha de pagamento”.

O STF começou a julgar, em plenário virtual, se mantém ou revoga o despacho de Zanin. A análise vai até dia 6 de maio. Até as 11h desta sexta, apenas o próprio relator havia registrado voto.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS