REDES SOCIAIS

25°C

Aeroporto de MT terá internacionalização temporária para jogos do Cuiabá na Sul-Americana

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Assim como em 2022, o aeroporto internacional Marechal Rondon, localizado na região metropolitana da capital mato-grossense, passará por internacionalização temporária para os jogos do Cuiabá na Copa Sul-Americana. Segundo o presidente da Comissão de Infraestrutura e Logística do Senado, Wellington Fagundes (PL), o objetivo é que até junho a questão seja resolvida de forma permanente.

O aeroporto Marechal Rondon não tem autorização para fazer voos para outros países. Apesar de ser internacional, ele é alfandegado somente para o transporte de cargas, não de passageiros.

Pelo regulamento da Copa Sul-Americana, os times participantes precisam ter aeroportos para receber adversários de outros países a uma distância de até 150km do palco da partida, no caso a Arena Pantanal.

Em 2022, o Cuiabá correu o risco de sofrer W.O. por não ter um aeroporto disponível para receber a delegação do Melgar. Após o imbróglio, o Marechal Rondon passou por internacionalização temporária e o Dourado seguiu na competição.

Para a atual temporada, o presidente do clube auriverde, Cristiano Dresch, disse que procurou as autoridades competentes para que o problema não se repita.

– Nós contatamos a ANAC, a concessionária que administra o aeroporto, a Polícia Federal, Receita Federal e Casa Civil de Mato Grosso sobre a situação da internacionalização do aeroporto. Se a gente tiver que sair de Cuiabá e ir pra Brasília ou São Paulo para fazer a internacionalização pra poder ir pra outro país, vamos perder a vantagem competitiva grande. Todas as outras cidades que têm times que disputam competições internacionais o aeroporto é internacional, só Cuiabá que não.

O presidente da Comissão de Infraestrutura e Logística do Senado, Wellington Fagundes (PL), garantiu que a internacionalização temporária será feita. Além disso, disse que a meta é que o aeroporto Marechal Rondon seja internacionalizado efetivamente até o fim de junho.

– A decisão é que para os jogos, mesmo que de forma temporária, será autorizada. E até o fim de junho, acredito que teremos o aeroporto Marechal Rondon internacionalizado para que a gente possa fazer a integração principalmente aqui do Mercosul, que é o grande objetivo.

A Centro-Oeste Airports (COA), que administra o aeroporto, informou por meio de nota (leia abaixo) que já iniciou os trâmites junto aos órgãos públicos responsáveis e aguarda a manifestação para dar seguimento ao processo.

A Centro-Oeste Airports (COA), concessionária que administra o Aeroporto Internacional de Cuiabá – Marechal Rondon, confirma o recebimento do ofício para a internacionalização provisória do aeroporto, por conta das partidas do Cuiabá Esporte Clube na Copa CONMEBOL Sul-Americana 2024. A Concessionária informa, ainda, que já iniciou os trâmites junto aos órgãos públicos responsáveis e aguarda a manifestação, para dar seguimento ao processo. Este procedimento, inclusive, tem sido realizado ao longo dos últimos anos, para partidas da Copa CONMEBOL Sul-Americana e para o jogo entre a Seleção Brasileira e a Seleção Venezuelana, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2026, que aconteceu em outubro de 2023.

A fase de grupos da Copa Sul-Americana está agendada para iniciar no dia 3 de abril. As oitavas de final começam na primeira quinzena de agosto.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS