REDES SOCIAIS

16°C

Botelho afirma que nunca cogitou ter Emanuel Pinheiro em sua base de apoio

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado estadual Eduardo Botelho (União Brasil), não está gostando de ser apontado como um candidato “continuísta” da atual gestão de Cuiabá, do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). Em entrevista à imprensa, o deputado afirmou que nunca cogitou ter o apoio do prefeito e nem deseja.

Botelho afirmou que em seu grupo de apoio fazem parte vários vereadores que hoje são opositores de Pinheiro e declarou sempre ser oposição. Além disso, garante que discorda da atual gestão, mas não precisa “jogar pedras” a todo momento, pois focará em realizar campanha com propostas.

“Várias pessoas que fazem oposição do prefeito estão me apoiando. Evidentemente eu não sou o candidato do prefeito. Nunca procurei o prefeito para me dispor ser o candidato dele, em nenhum momento me imaginei sendo o candidato dele. Eu tenho minha postura e irei continuar com ela, eu trabalharei com proposta e não jogarei pedras nos candidatos. A população quer propostas e resolução”.

O deputado ainda finaliza lembrando que desde 2016 foi contra a eleição de Emanuel, apoiando o então candidato Wilson Santos (PSD). Posteriormente em 2020, apoiou Roberto França (Patriotas) e no segundo turno manteve-se neutro.

“Temos que construir algo por Cuiabá. Não apoio o prefeito Emanuel Pinheiro, não o apoiei na primeira eleição, fui com Wilson Santos. Em 2020, apoiei Roberto França e no segundo turno fiquei neutro. Não tenho nenhuma relação com ele ou com o governo”, finaliza.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS