REDES SOCIAIS

25°C

Dalai Lama pede que garoto beije sua língua e depois se desculpa

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Dalai Lama, o líder espiritual dos tibetanos, se desculpou nesta segunda-feira (10) por um vídeo no qual pede a um menino em um evento público para que chupasse sua língua, segundo mostram imagens que vêm circulando em redes sociais.

Em uma nota, o Dalai Lama, de 87 anos, chamou o ato de “inocente e brincalhão”.

O vídeo também mostra o líder espiritual, que já recebeu o Nobel da Paz, aparentemente dando um beijo na boca do menino na presença de uma plateia, que é ouvida batendo palmas e rindo, enquanto um homem captura o momento em um telefone.

Em um comunicado, o Dalai Lama reconheceu a veracidade do vídeo, mas falou apenas em um abraço.

“Está circulando um videoclipe que mostra uma reunião recente em que um menino perguntou a sua Santidade o Dalai Lama se ele poderia lhe dar um abraço. Sua Santidade deseja se desculpar com o menino e sua família, bem como com seus muitos amigos em todo o mundo, pela dor que suas palavras podem ter causado.”

O comunicado afirmou ainda que o líder espiritual “muitas vezes provoca as pessoas que conhece de uma forma inocente e brincalhona, mesmo em público e diante das câmeras. Ele lamenta o incidente”.

O Dalai Lama, que fugiu para a Índia em 1959 após um levante fracassado contra o domínio chinês no Tibet, é considerado por Pequim um líder separatista.

Ele trabalhou por décadas para obter apoio global para a autonomia linguística e cultural na região. Agora, vive em um complexo próximo a um templo cercado por colinas verdes e montanhas cobertas de neve na cidade de Dharamshala, no norte da Índia.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS